Saúda-vos Aristarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, o primo de Barnabé {a respeito do qual recebestes instruções; se for ter convosco, recebei-o},

sabendo que do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi a Cristo, o Senhor.

Agora me regozijo no meio dos meus sofrimentos por vós, e cumpro na minha carne o que resta das aflições de Cristo, por amor do seu corpo, que é a igreja;

Vós, senhores, dai a vossos servos o que é de justiça e eqüidade, sabendo que também vós tendes um Senhor no céu.

E dizei a Arquipo: Cuida do ministério que recebestes no Senhor, para o cumprires.

Portanto, assim como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, assim também nele andai,

Tíquico, o irmão amado, fiel ministro e conservo no Senhor, vos fará conhecer a minha situação;

E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens,

e Jesus, que se chama Justo, sendo unicamente estes, dentre a circuncisão, os meus cooperadores no reino de Deus; os quais têm sido para mim uma consolação.

E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

suportando-vos e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como o Senhor vos perdoou, assim fazei vós também.

Vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos, como convém no Senhor.

Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo somente à vista como para agradar aos homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor.

Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós,

Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais; porque isto é agradável ao Senhor.

para que possais andar de maneira digna do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus,

O qual também nos declarou o vosso amor no Espírito.

e havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz;

o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

e vos vestistes do novo, que se renova para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;

o qual vos envio para este mesmo fim, para que saibais o nosso estado e ele conforte os vossos corações,

também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência,

para que eu o manifeste como devo falar.

Saúda-vos Lucas, o médico amado, e Demas.

e não retendo a Cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo com o aumento concedido por Deus.

que já chegou a vós, como também está em todo o mundo, frutificando e crescendo, assim como entre vós desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade,

que são sombras das coisas vindouras; mas o corpo é de Cristo.

Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo,

E, sobre tudo isto, revestí-vos do amor, que é o vínculo da perfeição.

e que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado;

corroborados com toda a fortaleza, segundo o poder da sua glória, para toda a perseverança e longanimidade com gozo;

o mistério que esteve oculto dos séculos, e das gerações; mas agora foi manifesto aos seus santos,

tendo sido sepultados com ele no batismo, no qual também fostes ressuscitados pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos;

o qual nós anunciamos, admoestando a todo homem, e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo;

juntamente com Onésimo, fiel e amado irmão, que é um de vós; eles vos farão saber tudo o que aqui se passa.

Depois que for lida esta carta entre vós, fazei que o seja também na igreja dos laodicenses; e a de Laodicéia lede-a vós também.

para que os seus corações sejam animados, estando unidos em amor, e enriquecidos da plenitude do entendimento para o pleno conhecimento do mistério de Deus-Cristo,

orando ao mesmo tempo também por nós, para que Deus nos abra uma porta à palavra, a fim de falarmos o mistério de Cristo, pelo qual também estou preso,

As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria em culto voluntário, humildade fingida, e severidade para com o corpo, mas não têm valor algum no combate contra a satisfação da carne.

Por esta razão, nós também, desde o dia em que ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual;