Busca por "Ame ao seu próximp"

Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

nenhum de vós pense mal no seu coração contra o seu próximo, nem ame o juramento falso, porque a todas estas coisas eu aborreço, diz o Senhor .

Novo mandamentovos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.

O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros,assim como eu vos amei.

Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.

Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei o meu filho.

Como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor.

De longe se me deixou ver o Senhor , dizendo: Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.

Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele;

Não obstante, vós, cada um de per si também ame a própria esposa como a si mesmo, e a esposa respeite ao marido.

Visto que foste precioso aos meus olhos, digno de honra, e eu te amei, darei homens por ti e os povos, pela tua vida.

A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.

Eu vos tenho amado, diz o Senhor ; mas vós dizeis: Em que nos tens amado? Não foi Esaú irmão de Jacó? — disse o Senhor ; todavia, amei a Jacó,

Eis farei que alguns dos que são da sinagoga de Satanás, desses que a si mesmos se declaram judeus e não são, mas mentem, eis que os farei vir e prostrar-se aos teus pése conhecer que eu te amei.

Tende cuidado, porém, de guardar com diligência o mandamento e a lei que Moisés, servo do Senhor , vos ordenou: que ameis o Senhor , vosso Deus, andeis em todos os seus caminhos, guardeis os seus mandamentos, e vos achegueis a ele, e o sirvais de todo o vosso coração e de toda a vossa alma.

Entesou o seu arco

Dã julgará o seu povo,

salvo por seu parente mais chegado: por sua mãe, e por seu pai, e por seu filho, e por sua filha, e por seu irmão;

Judá se tornou o seu santuário,

No seu coração há perversidade;

A terra deu o seu fruto,

Buscai o Senhor e o seu poder;

Derribou do seu trono os poderosos

O seu resplendor é como a luz,

Entregou o seu povo à espada

O Senhor é a força do seu povo,

Agiu com o seu braço valorosamente;

As mandrágoras exalam o seu perfume,

Regozije-se Israel no seu Criador,

Abençoa o seu poder, ó Senhor ,

Do seu dia se espantarão os do Ocidente,

No seu pescoço reside a força;

Fizeste cessar o seu esplendor

Sai o homem para o seu trabalho

E, no seu nome, esperarão os gentios.

Em Salém, está o seu tabernáculo,

Buscai o Senhor e o seu poder,

Diz o insensato no seu coração:

subverter ao homem no seu pleito,

No seu leito, maquina a perversidade,

Abençoarei com abundância o seu mantimento

Encobre a face do seu trono

Tentaram a Deus no seu coração,

porque o seu Vingador é forte

Enviou ao seu povo a redenção;

no estio, prepara o seu pão,

Esqueceram-se de Deus, seu Salvador,

O seu falar é muitíssimo doce;

Subsista para sempre o seu nome

para apartar o homem do seu desígnio