Levaram-no a Jesus, lançaram seus mantos sobre o jumentinho e fizeram que Jesus montasse nele.

Pilatos perguntou a Jesus: "Você é o rei dos judeus? " "Tu o dizes", respondeu Jesus.

Jesus parou e ordenou que o homem lhe fosse trazido. Quando ele chegou perto, Jesus perguntou-lhe:

Então Jesus lhes contou esta parábola:

Jesus continuou: "Um homem tinha dois filhos.

Disseram-lhe: "Jesus de Nazaré está passando".

Jesus entrou em Jericó, e atravessava a cidade.

As mulheres que haviam acompanhado Jesus desde a Galiléia, seguiram José e viram o sepulcro, e como o corpo de Jesus fora colocado nele.

Então Jesus disse a ela: "Seus pecados estão perdoados".

Certo sábado Jesus estava ensinando numa das sinagogas,

Ouvindo isso, Pilatos perguntou se Jesus era galileu.

Desejando soltar a Jesus, Pilatos dirigiu-se a eles novamente.

Dirigindo-se a Pilatos, pediu o corpo de Jesus.

Uma grande manada de porcos estava pastando naquela colina. Os demônios imploraram a Jesus que lhes permitisse entrar neles, e Jesus lhes deu permissão.

Mas Jesus passou por entre eles e retirou-se.

Mas Jesus retirava-se para lugares solitários, e orava.

Jesus os advertiu severamente que não contassem isso a ninguém.

Disse Jesus: "Você respondeu corretamente. Faça isso, e viverá".

Jesus lhe disse: "Recupere a visão! A sua fé o curou".

mas, quando entraram, não encontraram o corpo do Senhor Jesus.

Jesus saiu da sinagoga e foi à casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta, e pediram a Jesus que fizesse algo por ela.

Jesus disse à mulher: "Sua fé a salvou; vá em paz".

Depois de dizer isso, Jesus foi adiante, subindo para Jerusalém.

Quando se aproximou e viu a cidade, Jesus chorou sobre ela

Quando viu Jesus, gritou, prostrou-se aos seus pés e disse em alta voz: "Que queres comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-te que não me atormentes! "

Estando Jesus numa das cidades, passou um homem coberto de lepra. Quando viu a Jesus, prostrou-se com o rosto em terra e rogou-lhe: "Se quiseres, podes purificar-me".

Jesus foi com eles. Já estava perto da casa quando o centurião mandou amigos dizerem a Jesus: "Senhor, não te incomodes, pois não mereço receber-te debaixo do meu teto.

Quando Jesus voltou, uma multidão o recebeu, pois todos o esperavam.

Respondeu Jesus: "Homem, quem me designou juiz ou árbitro entre vocês? "

A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia.

Estando todo o povo a ouvi-lo, Jesus disse aos seus discípulos:

Jesus enviou Pedro e João, dizendo: "Vão preparar a refeição da Páscoa".

Interrogou-o com muitas perguntas, mas Jesus não lhe deu resposta.

Jesus lhe respondeu: "Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso".

Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem’ ".

Tendo terminado de dizer tudo isso ao povo, Jesus entrou em Cafarnaum.

Essas notícias sobre Jesus espalharam-se por toda a Judéia e regiões circunvizinhas.

Respondeu-lhe Jesus: "Simão, tenho algo a lhe dizer". "Dize, Mestre", disse ele.

Surgiram dois homens que começaram a conversar com Jesus. Eram Moisés e Elias.

Uma grande multidão ia acompanhando Jesus; este, voltando-se para ela, disse:

e gritaram em alta voz: "Jesus, Mestre, tem piedade de nós! "

Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.

Quando chegou a hora, Jesus e os seus apóstolos reclinaram-se à mesa.

Os homens que estavam detendo Jesus começaram a zombar dele e a bater nele.

Então ele disse: "Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino".

Tendo-os levado até as proximidades de Betânia, Jesus levantou as mãos e os abençoou.

Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto,

Jesus respondeu: "Dito está: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’".

Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse: "Homem, os seus pecados estão perdoados".

"O que está escrito na Lei? ", respondeu Jesus. "Como você a lê? "