Jó 38

1 Então, do meio de um redemoinho, o Senhor respondeu a Jó:

2 “Quem é esse que questiona minha sabedoria com palavras tão ignorantes?

3 Prepare-se como um guerreiro, pois lhe farei algumas perguntas, e você me responderá.

4 “Onde você estava quando eu lancei os alicerces do mundo? Diga-me, já que sabe tanto.

5 Quem definiu suas dimensões e estendeu a linha de medir? Vamos, você deve saber.

6 O que sustenta seus alicerces e quem lançou sua pedra angular,

7 enquanto as estrelas da manhã cantavam juntas, e os anjos davam gritos de alegria?

8 “Quem estabeleceu os limites do mar quando do ventre ele brotou,

9 quando eu o vesti com nuvens e o envolvi em escuridão profunda?

10 Pois o contive atrás de portas com trancas, para delimitar seus litorais.

11 Disse: ‘Daqui não pode passar; aqui suas ondas orgulhosas devem parar!’.

12 “Você alguma vez deu ordem para que a manhã aparecesse e fez o amanhecer se levantar no leste?

13 Fez a luz do dia se espalhar até os confins da terra, para acabar com a perversidade da noite?

14 À medida que a luz se aproxima, a terra toma forma, como o barro sob um anel de selar; como uma veste, seus contornos se mostram.

15 A luz incomoda os perversos e detém o braço levantado para cometer violência.

16 “Você explorou as nascentes do mar? Percorreu suas profundezas?

17 Sabe onde ficam as portas da morte? Viu as portas da escuridão absoluta?

18 Tem ideia da extensão da terra? Responda-me, se é que você sabe!

19 “De onde vem a luz, e para onde vai a escuridão?

20 Você é capaz de levar cada uma a seu lugar? Sabe como chegar lá?

21 Claro que sabe de tudo isso! Afinal, já havia nascido antes de tudo ser criado e tem muita experiência!

22 “Você alguma vez visitou os depósitos de neve ou viu onde fica guardado o granizo?

23 Eu os reservo como armas para os tempos de angústia, para o dia de batalha e guerra.

24 Onde os relâmpagos se dividem? De onde se dispersa o vento leste?

25 “Quem abriu um canal para as chuvas torrenciais? Quem definiu o percurso dos relâmpagos?

26 Quem faz a chuva cair sobre a terra árida, no deserto, onde ninguém habita?

27 Quem envia a chuva para saciar a terra seca e fazer brotar o capim novo?

28 “Acaso a chuva tem pai? Quem gera o orvalho?

29 Quem é a mãe do gelo? Quem dá à luz a geada que vem do céu?

30 Pois a água se transforma em gelo, duro como pedra, e a superfície das águas profundas se congela.

31 “Você é capaz de controlar as estrelas e amarrar o grupo das Plêiades ou afrouxar as cordas do Órion?

32 Pode fazer aparecer no tempo exato as constelações, ou guiar a Ursa e seus filhotes pelo céu?

33 Conhece as leis do universo? Pode usá-las para governar a terra?

34 “Pode gritar para as nuvens e fazer chover?

35 Pode fazer os raios aparecerem e lhes dizer onde cair?

36 Quem dá intuição ao coração e instinto à mente?

37 Quem é sábio o suficiente para contar todas as nuvens? Quem pode inclinar as vasilhas de água do céu,

38 quando a terra está seca e o solo se endureceu em torrões?

39 “Acaso você pode caçar a presa para a leoa e saciar a fome dos leõezinhos,

40 enquanto eles se agacham na toca ou ficam à espreita no mato?

41 Quem providencia alimento para os corvos quando seus filhotes clamam a Deus e, famintos, andam de um lado para o outro?”

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.