Jó 7

1 “Acaso a vida na terra não é uma luta? Nossos dias são como os de um trabalhador braçal,

2 como o servo que anseia pela sombra, como o empregado à espera do pagamento.

3 Recebi de herança meses de puro vazio, fui condenado a passar noites longas em aflição.

4 Deitado na cama, penso: ‘Quando chegará a manhã?’, mas a noite se arrasta e reviro-me até o amanhecer.

5 Meu corpo está coberto de vermes e crostas de feridas; minha pele se racha e vaza pus.”

6 “Meus dias correm mais depressa que a lançadeira de um tecelão e terminam sem esperança.

7 Lembra-te, ó Deus, de que minha vida é apenas um sopro; nunca mais voltarei a ver a felicidade.

8 Tu me vês agora, mas em breve não me verás; procurarás por mim, mas já não existirei.

9 Como uma nuvem que se dissipa e some, os que descem à sepultura não voltam mais.

10 Deixam seu lar para sempre, e ninguém se lembrará deles novamente.

11 “Não posso me calar, tenho de expressar minha angústia; minha alma amargurada precisa se queixar.

12 Acaso sou eu o mar revolto ou algum monstro marinho, para que me ponhas sob vigilância?

13 Penso: ‘Na cama encontrarei descanso, e o leito me aliviará o sofrimento’,

14 mas tu me assustas com sonhos e me aterrorizas com visões.

15 Preferiria ser estrangulado; melhor morrer que sofrer assim.

16 Odeio minha vida e não quero continuar a viver; deixa-me em paz, pois meus dias passam como um sopro.

17 “O que é o ser humano, para que lhe dês tanta importância e penses nele com tanta atenção?

18 Pois o examinas todas as manhãs e o pões à prova a cada instante.

19 Por que não me deixas em paz? Dá-me tempo pelo menos para engolir a saliva!

20 Se eu pequei, o que te fiz, ó Vigia de toda a humanidade? Por que fizeste de mim o teu alvo? Acaso sou um fardo para ti?

21 Por que não perdoas meu pecado e removes minha culpa? Pois em breve me deitarei no pó e morrerei; quando procurares por mim, já não existirei”.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.