Ergue-te, ó espada, contra o meu pastor, o homem que é meu companheiro, meu parceiro, diz o Senhor dos exércitos celestiais. Fere o pastor e espalhar-se-ão as ovelhas; mas voltarei atrás e confortarei os cordeiros, tratando deles.

O Senhor, seguidamente, mandou-me de novo procurar trabalho como pastor; desta vez o meu papel era de servir como um mau pastor, indigno.

O Senhor é o meu pastor,por isso nada me faltará.

Então o Senhor meu Deus disse-me: Arranja trabalho como pastor de um rebanho que esteja a ser engordado para o matadouro. Isto ilustrará a forma como o meu povo foi comprado e morto por maus líderes, que continuam sem castigo. Graças a Deus, agora estou rico!, dizem os que os traíram - os seus próprios pastores que os venderam sem misericórdia.

Por isso diz assim o Senhor Deus: Com toda a certeza que estabelecerei uma diferença, nos meus juízos, entre esses nutridos pastores e as suas pobres ovelhas esqueléticas. Porque eles espantam, empurram, desancam o meu rebanho, já de si doente e esfomeado, fazendo com que as ovelhas fujam para longe e se espalhem. Portanto, serei eu próprio quem há-de salvar o rebanho; e nunca mais serão batidas e destruídas. Atentarei para a que está enfraquecida, para a que está magra, informar-me-ei porquê! Estabelecerei enfim um pastor sobre todo o meu povo, que será o meu servo, David. Apascentá-las-á e será para elas como um verdadeiro pastor.

É certo que eu sou Deus que vive, diz o Senhor; no entanto vocês abandonaram o meu rebanho, permitindo que fosse atacado e destruído. Não foram realmente pastores, de forma nenhuma, pois não cuidaram dele, nem um bocadinho. Trataram-se a si mesmos e deixaram morrer as ovelhas. Eis a razão por que estou contra os pastores, e os torno responsáveis por tudo o que acontece ao meu rebanho. Hei-de tirar-lhes o direito de se ocuparem dele - e também o direito de se alimentarem a si mesmos. Livrá-lo-ei de se tornar no alimento dos pastores.

Eu sou o bom pastor e conheço as minhas ovelhas, e elas conhecem-me também, assim como meu Pai me conhece e eu conheço o meu Pai. E sacrifico a minha vida pelas ovelhas. Tenho ainda mais ovelhas que não estão neste curral. Preciso de as trazer também, e ouvirão a minha voz; e haverá um só rebanho e um só pastor.

Porque os chefes do meu povo -os vigias do Senhor, os pastores- estão cegos a todo o perigo, estão como que imbecilizados e nem sequer reagem, avisand o quando o perigo se aproxima. Gostam de se deitar, amam a sonolência, deleitam-se em sonhar.

Se ainda não o sabes, ó mulher mais bela de todas,segue as pisadas do meu rebanho,e apascenta as tuas cabras lá, junto às tendas dos pastores.

Então vocês ainda me perguntam o que é que eu pretendo depois de me levarem todos os meus deuses, o meu sacerdote e sem me deixarem nada!

Então Micaías falou deste modo: Tive uma visão em que vi todo o Israel disperso pelos montes como ovelhas sem pastor. E o Senhor disse assim: 'Não têm pastor porque foi morto. Que cada um vá em paz para sua casa.'

Assim meus queridos irmãos, sejam firmes e constantes, trabalhando com entusiasmo na obra do Senhor, pois sabem que nada do que fizerem para Deus será em vão.

Nada recebi de ninguém. Tudo o que existe debaixo dos céus é meu.

Quando digo a Ciro , Ele é meu pastor, com certeza que ele fará tudo o que eu tiver dito e Jerusalém será reedificada, o templo restaurado; pois que fui eu quem o disse.

Mas é que eles nada sabem dos meus pensamentos; desconhecem inteiramente os meus planos. Há-de vir o tempo em que o Senhor juntará todos os inimigos do seu povo, como molhos sobre a eira. Estarão assim à mercê de Israel.

Quando vocês deixaram o Egipto, prometi que o meu Espírito habitaria no vosso meio. Portanto, nada receiem.

O lobo e o cordeiro comerão juntos; o leão comerá palha como o boi; e pó será o alimento da serpente! Nesses dias nada, nem ninguém, será ferido ou destruído em todo o meu monte santo, diz o Senhor.

O meu povo foi como uma ovelha perdida. Os seus pastores fizeram-no errar no caminho, desviando-os para os montes. Perdeu-se e não sabe voltar atrás. Todos os que o encontram devoram-no e dizem: Podemos atacá-los à vontade, visto que pecou contra o Senhor, o Deus da justiça, a esperança dos seus antepassados.

Então Micaías retomou a palavra: Vi Israel espalhado sobre os montes, como cordeiros sem pastor. E o Senhor disse: 'O seu rei está morto; manda-as para casa'.

O Senhor declara: Enviarei calamidades sobre os chefes do meu povo - os pastores das minhas ovelhas - porque destruíram e dispersaram aquelas mesmas de quem deveriam ter cuidado atentamente. Em lugar de levarem o rebanho para sítios de segurança, deixaram-no só e conduziram-no à destruição. Agora derramarei juízos sobre vocês pelo mal que lhes fizeram.

Porque o pastor, esse entra pela porta;

Então os líderes de Israel foram ter com David em Hebrom e disseram-lhe assim: Somos teus parentes, e mesmo quando Saul era rei, eras tu quem conduzia os nossos exércitos à batalha e os tornavas a trazer em segurança. Foi a ti que o Senhor teu Deus disse, 'Serás o pastor do meu povo Israel. Serás o seu rei.'

Tratarei dos pobres do meu povo com os cuidados dum pastor; os necessitados estarão em segurança. Mas quanto a ti, escorraçar-te-ei por meio da fome e da guerra, a ti e aos teus descendentes.

Que o Senhor aumente a tua prosperidade, bem como a da tua família, e que tenhas muita paz, tu e todos os teus! Disseram-me que estás a tosquiar os animais. Hás-de saber certamente que aos teus pastores, enquanto estiveram no nosso meio, nunca lhes aconteceu qualquer mal, e nada lhes faltou enquanto estiveram no Carmelo. Pergunta-lhes e verás se é ou não assim. Agora, envio-te aqui alguns dos meus homens para te pedir um donativo, pois sabemos que é uma altura de fartura para ti. Por favor, dá-nos qualquer coisa do que tiveres à mão.

Eu sou o bom pastor. O bom pastor sacrifica a vida pelas ovelhas. Quem é assalariado para guardar o rebanho foge quando vê vir um lobo. Ele abandona o rebanho porque não lhe pertencem e ele não é verdadeiramente o seu pastor. Assim o lobo salta sobre elas e espalha o rebanho. Tal homem foge porque é contratado e não se preocupa a sério com as ovelhas.

E dizem: O Senhor não há-de ver nada. Deus não repara nestas coisas!

Se alguém estiver doente, que chame os pastores da igreja, os quais orarão por ele, e derramarão sobre ele azeite, em nome do Senhor.

O Senhor diz que, visto Semaías o neelamita profetizou, quando eu não lhe transmiti nada, e vos enganou, levando-vos a acreditarem em mentiras, castigá-lo-ei, a ele e à sua família. Nenhum dos seus descendentes verá o bem que espero dar ao meu povo, porque vos ensinou a rebelarem-se contra o Senhor.

Ele é o nosso Deus. Nós somos suas ovelhas, e ele é o nosso pastor!

'O Senhor Deus deu-nos esta terra. Vão e conquistem-na. Nada receiem e não duvidem!'

O Senhor Deus salvará nesse dia o seu povo, tal como um pastor que vigia sobre o rebanho. Brilharão na sua terra como jóias numa coroa real.

Mas vocês não hão-de mentir mais; não falarão mais em ter tido visões que no fim de contas não tiveram nada, nem praticando bruxarias, pois livrarei o meu povo das vossas mãos, destruindo-vos, e vocês saberão que eu sou o Senhor.

E agora uma palavra para os que são pastores entre vocês. Também eu sou pastor com eles, e sou testemunha dos sofrimentos de Cristo; e serei participante da sua glória quando ele voltar.

A bênção do Senhor é que enriquece; o nosso esforço nada lhe altera .

Os pastores falavam a toda a gente no que tinha acontecido e no que o anjo dissera acerca daquele menino.

E quando o supremo Pastor vier, ele vos recompensará com uma participação perpétua na sua glória.

Mas os meus inimigos são fortes e perseguem-me rijamente; continuam a odiar-meainda que nada tenha feito que lhes dê razão para isso.

Depois deste grande número de anjos ter voltado para os céus, os pastores disseram uns aos outros: Vamos a Belém ver esta coisa maravilhosa que acontece e de que o Senhor nos falou.

Quando eu, o Filho do Homem, vier na minha glória com todos os anjos, então sentar-me-ei no meu trono glorioso, e todas as nações serão reunidas diante de mim. Separarei o povo como um pastor aparta as ovelhas das cabras, e porei as ovelhas à minha direita e as cabras à minha esquerda.

O Senhor é o meu rochedo,a minha fortaleza e o meu salvador.

Por isso, ó pastores, ouçam a voz do Senhor:n

Porque estes homens perversos enganam o meu povo dizendo: Deus mandará paz, enfim. Quando não é nada disso que está nos meus planos! É como se o meu povo estivesse a levantar um muro de lama seca e todos esses profetas se pusessem a elogiá-lo por isso, rebocando-o de cal!

E vou até mais longe: nada há que se possa comparar com o valor imenso que representa o conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele é que eu desprezei todas essas coisas, e as considero como lixo, na certeza de ficar a ganhar muitíssimo mais ao lado de Cristo

Alimentará o seu rebanho como um pastor; levará nos braços os cordeirinhos, e guiará mansamente as que amamentam.

David, o meu servo será o seu rei, o seu único pastor. Obedecerão às minhas leis e a toda a minha vontade. Habitarão em terra de Israel, essa terra onde seus pais moraram e que eu dei ao meu servo Jacob. Tal como eles, também os seus filhos e todos os seus descendentes, pelas gerações fora ,viverão ali. O meu servo David será o seu chefe para sempre. Farei com eles uma aliança de paz, um pacto eterno. Abençoá-los-ei e os multiplicarei. O meu templo levantar-se-á para sempre no meio deles. Sim, a minha casa ali estará entre eles. Serei o seu Deus; eles serão o meu povo. Com o meu templo no meio deles, as nações verificarão que eu, o Senhor, elegi Israel para ser alvo especial das minhas bênçãos.

Jacob fugiu para a Síria e serviu como pastor para obter uma mulher.

Não deverão empregar pão levedado nos meus sacrifícios; e nada do sacrifício do cordeiro da páscoa deverá ser guardado até à manhã seguinte. Trarão ao tabernáculo do Senhor vosso Deus o melhor dos primeiros frutos da colheita de cada ano. Não cozerão um cabritinho no leite da sua mãe.

Ai desse pastor indigno que não se preocupa com o rebanho. A espada do Senhor lhe quebrará o braço e trespassará o olho direito, de tal forma que o braço nunca mais poderá recuperá-lo, e dessa vista ficará inteiramente cego.

Os que confiam no Senhor estão firmes como o Monte Sião, que nada o faz abalar.

Ciro é o machado de guerra de Deus; é a sua espada. Vou usar-te, diz o Senhor, para fazer as nações em pedaços e para destruir muitos reinos. Contigo esmagarei muitos batalhões de soldados, destruindo tanto o cavalo como o seu cavaleiro, tanto o carro de combate como o seu condutor - sim, velhos e novos, rapazes e raparigas, pastores e rebanhos, fazendeiros e bois, oficiais do exército e magistrados. Recompensarei Babilónia, sob os vossos olhos, de todo o mal que fizeram ao meu povo, diz o Senhor.