Busca por "O Senhor é meu Pastor e nada me faltará"

O Senhor é o meu pastor,por isso nada me faltará.

Nomearei pastores responsáveis que cuidem deles, e não precisarão mais de viver em temores; nenhuma delas faltará jamais, quando se tomar a conta.

Que o Senhor aumente a tua prosperidade, bem como a da tua família, e que tenhas muita paz, tu e todos os teus! Disseram-me que estás a tosquiar os animais. Hás-de saber certamente que aos teus pastores, enquanto estiveram no nosso meio, nunca lhes aconteceu qualquer mal, e nada lhes faltou enquanto estiveram no Carmelo. Pergunta-lhes e verás se é ou não assim. Agora, envio-te aqui alguns dos meus homens para te pedir um donativo, pois sabemos que é uma altura de fartura para ti. Por favor, dá-nos qualquer coisa do que tiveres à mão.

Ele é o nosso Deus. Nós somos suas ovelhas, e ele é o nosso pastor!

Ergue-te, ó espada, contra o meu pastor, o homem que é meu companheiro, meu parceiro, diz o Senhor dos exércitos celestiais. Fere o pastor e espalhar-se-ão as ovelhas; mas voltarei atrás e confortarei os cordeiros, tratando deles.

A bênção do Senhor é que enriquece; o nosso esforço nada lhe altera .

A lei de Moisés diz mais: Não faltarás aos teus juramentos, antes os cumprirás perante o Senhor o que juraste. Eu, porém, digo: não façam juramentos de espécie alguma. Mesmo dizer, 'Pelo céu! é já um voto sagrado feito a Deus, porque os céus são a sua habitação. E se disserem, 'Pela Terra! também isso é um voto sagrado, porquanto a Terra é o estrado dos seus pés. E não jurem, 'Por Jerusalém! porque Jerusalém é a capital do grande Rei. Não jurem nem mesmo pela vossa cabeça, porque não podem fazer com que um cabelo fique branco ou preto. Diga-se pois simplesmente, 'Sim ou 'Não . O que passa daí vem do maligno.

Quem arranjar uma mulher virtuosa, é como se tivesse encontrado um tesouro de alto valor. O seu marido tem confiança nela, e os recursos materiais nunca lhe faltarão. Nunca se tornará um empecilho para o seu esposo; pelo contrário, sempre o ajudará a vida toda.

Então Jeremias foi ter com os recabitas e disse-lhes: O Senhor dos exércitos do céu, o Deus de Israel, vos diz que, pelo facto de terem obedecido ao vosso pai em todos os aspectos, nunca faltará um descendente a Jonadabe, filho de Recabe, que me sirva.

É certo que eu sou Deus que vive, diz o Senhor; no entanto vocês abandonaram o meu rebanho, permitindo que fosse atacado e destruído. Não foram realmente pastores, de forma nenhuma, pois não cuidaram dele, nem um bocadinho. Trataram-se a si mesmos e deixaram morrer as ovelhas. Eis a razão por que estou contra os pastores, e os torno responsáveis por tudo o que acontece ao meu rebanho. Hei-de tirar-lhes o direito de se ocuparem dele - e também o direito de se alimentarem a si mesmos. Livrá-lo-ei de se tornar no alimento dos pastores.

Porque é para anunciar o nome do Senhor que eles viajam, sem nada receber daqueles que não são cristãos.

Que é isso que tens na mão?, perguntou-lhe o Senhor.Uma vara de pastor.

Aliás a minha consciência em nada me acusa; mas nem isso me serve de justificação. É o próprio Senhor quem me examinará e me julgará.

O Senhor, seguidamente, mandou-me de novo procurar trabalho como pastor; desta vez o meu papel era de servir como um mau pastor, indigno.

Diz o Senhor: Pode parecer inacreditável aos olhos de vocês - um resto do povo pequeno e desencorajado - mas para mim não é nada demais!

Cada um sentar-se-á sossegadamente no seu lar, em paz e em prosperidade, porque nada haverá que temer. É mesmo o Senhor quem o promete.

Vejam bem, Deus veio salvar-me! Tenho razão para confiar e nada recear, porque o Senhor é a minha força, e quem me leva a cantar! Ele é a minha salvação!

Pois eu vos direi então quem é que pode aqui viver: Todos os que são honestos e rectos, que rejeitam lucros de actos fraudulentos, que fecham as mãos ao suborno, que recusam dar ouvidos a conspirações de assassínios, que desviam os olhos de tudo o que os incita a praticar o mal. São estes os que poderão aqui viver. As rochas das montanhas serão as suas fortalezas; nunca lhes faltará alimento nem água, quanta desejarem.

Homem mortal, profetiza contra os pastores, os líderes de Israel, e diz-lhes: Esta é a palavra que o Senhor Deus vos dirige: Ai dos pastores que se nutrem bem eles próprios e não os seus rebanhos. Não são os pastores que devem alimentar as ovelhas? Mas vocês comem da melhor comida, vestem-se com a roupa melhor que há, e deixam morrer à fome o rebanho. Não se preocupam com a que estava enfraquecida, não tratam daquela que está doente, não cuidam da ferida nem vão à procura da que se tinha extraviado e perdido. Pelo contrário, até as tratam com rigor e dureza. E a consequência foi que as ovelhas se espalharam, abandonadas; tornaram-se presa de qualquer animal selvagem que se aproximasse. O meu rebanho andou por aí vagueando pelos montes e colinas, por toda a face da terra, sem ninguém que fosse à procura das ovelhas, que se interessasse por elas.

Porque nada trouxemos para este mundo, e é evidente que nada levaremos dele.

Que o Deus de paz, que ressuscitou nosso Senhor Jesus Cristo, o grande pastor do rebanho, o qual selou com o seu sangue o pacto eterno, vos aperfeiçoe em tudo para fazerem a sua vontade, fazendo surgir nas vossas vidas tudo o que lhe é agradável, através de Cristo Jesus. A ele seja dada glória para todo o sempre! Que assim seja!

Gaza, Asquelom, Asdode, Ecrom - essas cidades filisteias, também serão assoladas e destruídas. E ai de vocês, filisteus, que vivem na costa e na terra de Canaã, porque esse julgamento também é contra vocês. O Senhor vos destruirá sem deixar um só com vida. Toda essa zona costeira tornar-se-á em terra de pastagem, lugar para pastores acamparem e currais para os rebanhos.

Eu sou o bom pastor. O bom pastor sacrifica a vida pelas ovelhas. Quem é assalariado para guardar o rebanho foge quando vê vir um lobo. Ele abandona o rebanho porque não lhe pertencem e ele não é verdadeiramente o seu pastor. Assim o lobo salta sobre elas e espalha o rebanho. Tal homem foge porque é contratado e não se preocupa a sério com as ovelhas.

É por isso que o Senhor Deus, o santo de Israel diz: Só voltando para mim e confiando em mim serão salvos. No descanso e na confiança está a vossa força. Mas vocês não quiseram nada disso.

Se alguém estiver doente, que chame os pastores da igreja, os quais orarão por ele, e derramarão sobre ele azeite, em nome do Senhor.

Porque assim diz o Senhor Deus: Irei à procura, e hei-de encontrar o meu rebanho. Eu serei como um verdadeiro pastor, no encalço das minhas ovelhas. Encontrá-las-ei e as salvarei de todos os lugares para onde foram espalhadas, naquele dia escuro e nebuloso. Tornarei a trazê-las de entre os povos e as nações em que se encontravam, e regressarão a casa, à sua terra de Israel. Alimentá-las-ei sobre as montanhas e junto às torrentes de água, em que a terra é fertil e boa. Sim, dar-lhes-ei esplêndidas pastagens sobre outeiros de Israel. E ali repousarão em paz, pastando nas luxuriantas pastagens das montanhas. Eu próprio serei o pastor das minhas ovelhas; por isso descansarão tranquilamente, diz o Senhor Deus. Irei à procura das que se perderam, das que se desviaram, e regressarei com elas em segurança. Porei talas e ligaduras nas que tiverem partido algum osso e tratarei da doente. Destruirei esses poderosos e gordos pastores. Alimentá-los-ei, sim, mas com a aplicação de justiça!

Mas é que não temos aqui nada com que lhe pagar, replicou Saul. Até a comida que trazíamos se acabou já; não temos mais nada.

Então Micaías falou deste modo: Tive uma visão em que vi todo o Israel disperso pelos montes como ovelhas sem pastor. E o Senhor disse assim: 'Não têm pastor porque foi morto. Que cada um vá em paz para sua casa.'

Quando digo a Ciro , Ele é meu pastor, com certeza que ele fará tudo o que eu tiver dito e Jerusalém será reedificada, o templo restaurado; pois que fui eu quem o disse.

Mas é que eles nada sabem dos meus pensamentos; desconhecem inteiramente os meus planos. Há-de vir o tempo em que o Senhor juntará todos os inimigos do seu povo, como molhos sobre a eira. Estarão assim à mercê de Israel.

É isto que deves lembrar aos crentes, mandando-lhes, em nome do Senhor, que não se metam nunca em discussões sobre meras palavras, que de nada servem senão para corromper o entendimento daqueles que ouvem essas disputas.

Ciro é o machado de guerra de Deus; é a sua espada. Vou usar-te, diz o Senhor, para fazer as nações em pedaços e para destruir muitos reinos. Contigo esmagarei muitos batalhões de soldados, destruindo tanto o cavalo como o seu cavaleiro, tanto o carro de combate como o seu condutor - sim, velhos e novos, rapazes e raparigas, pastores e rebanhos, fazendeiros e bois, oficiais do exército e magistrados. Recompensarei Babilónia, sob os vossos olhos, de todo o mal que fizeram ao meu povo, diz o Senhor.

Mandarei contra eles alguém que se chegará como se fosse um leão vindo das lezírias do Jordão, lançando-se sobre as ovelhas no estábulo. E, num abrir e fechar de olhos, Edom estará liquidado. Nomearei então a pessoa da minha confiança que ficará à frente dos edomitas. Porque, quem é semelhante a mim e quem é capaz de me pedir por contas? Qual é o pastor que ousaria desafiar-me? Tomem nota: O Senhor certamente fará isto que disse a Edom e também ao povo de Temã - até as criancinhas serão levadas para escravos! Será a coisa mais chocante jamais vista!

O Senhor Deus salvará nesse dia o seu povo, tal como um pastor que vigia sobre o rebanho. Brilharão na sua terra como jóias numa coroa real.

Tu é que não sabes o que se passa! Teu pai sabe bem da nossa amizade e por isso pensa para consigo, 'Não vou dizer nada a Jónatas para não o magoar.'Mas a verdade é que eu ando constantemente a dois passos da morte - tão verdade como o Senhor ser vivo e ser viva a tua alma!

Costuma dizer-se, e com verdade, que se alguém pretende ser pastor numa assembleia cristã, esse é um excelente desejo. Esse pastor tem de ser uma pessoa irrepreensível; deve ser o esposo de uma só mulher, deve ser vigilante, sério, moderado, equilibrado; deve ser hospitaleiro, e capaz para ensinar.

E vou até mais longe: nada há que se possa comparar com o valor imenso que representa o conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor. Por causa dele é que eu desprezei todas essas coisas, e as considero como lixo, na certeza de ficar a ganhar muitíssimo mais ao lado de Cristo

Então o Senhor meu Deus disse-me: Arranja trabalho como pastor de um rebanho que esteja a ser engordado para o matadouro. Isto ilustrará a forma como o meu povo foi comprado e morto por maus líderes, que continuam sem castigo. Graças a Deus, agora estou rico!, dizem os que os traíram - os seus próprios pastores que os venderam sem misericórdia.

Então Micaías retomou a palavra: Vi Israel espalhado sobre os montes, como cordeiros sem pastor. E o Senhor disse: 'O seu rei está morto; manda-as para casa'.

Qual é o soldado no exército que paga as suas próprias despesas? Alguma vez já ouviram de um agricultor que depois da colheita não tenha o direito de comer dela? Qual o pastor que não tenha direito de beber do leite do seu rebanho?

Mas, senhor, haverá entre os vossos servos alguém que vos seja mais fiel do que o vosso genro? Porque razão é ele afinal vosso pajem e dos membros mais honrados da vossa corte? Nem foi esta, com certeza, a primeira vez que consultei o Senhor a favor dele! Não é justo que eu seja acusado, mais a minha família, dessas coisas que ouvi; nós nada sabíamos de semelhante conspiração!

Nada recebi de ninguém. Tudo o que existe debaixo dos céus é meu.

Os pastores do sítio vieram reclamá-lo: Esta terra é nossa - o poço é nosso! E insistiram, levantando discussão sobre o assunto. Por isso Isaque lhe chamou o Poço da Discussão . Os homens de Isaque cavaram outro poço, mas houve de novo contenda por causa da posse da água. E assim pôs a este poço o nome de Poço da Desavença . Foram-se dali e abriram ainda um terceiro poço, mas desta feita não houve luta nenhuma pela sua posse por parte dos habitantes da terra. Daí que lhe tivesse chamado o Poço da Largueza , Porque agora enfim, justificou ele, o Senhor nos deu espaço bastante para vivermos; e temos prosperado.

E quanto a ti, ó meu rebanho - meu povo - o Senhor Deus diz-te: Farei distinção entre ovelhas e cabritos, entre carneiros e bodes! Será que é assim coisa de tão pouca importância que vocês, os pastores, não apenas tenham reservados para si mesmos as melhores pastagens como ainda tenham pisado e estragado o que ficou de resto? Que tenham desviado para si mesmos o melhor da água, como ainda tenham sujado com a lama dos vossos pés o que sobrou? Tudo o que vocês deixaram ficar para o meu rebanho foi o que calcaram aos pés; as ovelhas são obrigadas a beber a água lamacenta que vocês remexeram com os pés.

Quanto a mim pessoalmente, estou certo, porque assim mo ensinou o Senhor Jesus, de que não há nada de mal em comer comida considerada imunda pela lei. Contudo, se alguém pensa o contrário deverá fazer segundo a sua consciência, porque para ele é mal.

Os que confiam no Senhor estão firmes como o Monte Sião, que nada o faz abalar.

E dizem: O Senhor não há-de ver nada. Deus não repara nestas coisas!

Depois deste grande número de anjos ter voltado para os céus, os pastores disseram uns aos outros: Vamos a Belém ver esta coisa maravilhosa que acontece e de que o Senhor nos falou.

A minha vida é como o vento que passa sem deixar rasto- não fica nada de bom.

Por isso diz assim o Senhor Deus: Com toda a certeza que estabelecerei uma diferença, nos meus juízos, entre esses nutridos pastores e as suas pobres ovelhas esqueléticas. Porque eles espantam, empurram, desancam o meu rebanho, já de si doente e esfomeado, fazendo com que as ovelhas fujam para longe e se espalhem. Portanto, serei eu próprio quem há-de salvar o rebanho; e nunca mais serão batidas e destruídas. Atentarei para a que está enfraquecida, para a que está magra, informar-me-ei porquê! Estabelecerei enfim um pastor sobre todo o meu povo, que será o meu servo, David. Apascentá-las-á e será para elas como um verdadeiro pastor.