36

1 Disse ainda mais Eliú:

2 Deixa-me continuar, provar-te-ei aquilo que afirmo. Eu não acabei ainda de defender Deus!

3 Dar-te-ei ilustrações da justiça do meu Criador.

4 Vou dizer-te a verdade com toda a honestidade,pois que sou pessoa com largos conhecimentos.

5 Deus é poderoso, e apesar disso não põe de parte ninguém!

6 Ele é perfeito na sua compreensão de tudo. Não poupa a vida do ímpio,mas faz justiça aos aflitos.

7 Não deixa esquecidos os rectos,mas antes os honra colocando-os sobre tronos eternos, reais.

8 Se vier a aflição sobre eles, se vierem a ser escravizados e oprimidos,então dar-se-á ao trabalho de lhes indicar as razões de tal situação,aquilo que fizeram de mal,ou como se terão conduzido com altivez.

10 Ajudá-los-á a ouvirem a sua instrução,a fim de se desviarem dos seus pecados.

11 Se o ouvirem e obedecerem, então serão abençoados com prosperidade,todo o tempo das suas vidas.

12 Se, pelo contrário, lhe fecharem os ouvidos,perecerão no meio das lutas,morrerão em consequência da sua falta de bom senso.

13 A verdade é que os ímpios colherão a ira de Deus;e nem sequer vale a pena revoltarem-se, perante o castigo.

14 Acabarão por morrer novos, depois de uma vida de dissipação,duma conduta depravada.

15 Mas ele livra o aflito da sua aflição! Isto faz com que o escutem!

16 Como Deus deseja desviar-te do perigo,e levar-te para um vale largo e formoso; fazer-te prosperar ali!

17 No entanto estás demasiado preocupadocom os teus pretensos agravos contra os outros.

18 Dá atenção! Nunca deixes que tua cólera contra os outroste leve a rires-te de Deus! Não permitas que o teu sofrimento te torne amargocontra aquele que é o único a poder salvar-te.

19 Pensas realmente que se gritares com força, ou se te esforçares muitoisso poria um fim ao teu aperto?

20 Não desejes a noite, em que os povos se revoltam.

21 Desvia-te do mal, pois que foi para te preservar duma vida corruptaque Deus te enviou esse sofrimento.

22 Repara, Deus é todo-poderoso. Quem, melhor do que ele, sabe ensinar?

23 Quem ousaria dizer-lhe o que deve fazer,ou acusá-lo de injustiça?

24 Portanto, engrandece-o pela sua obra,que tem sido contada pelos homens;

25 são coisas que toda a gente vê, mesmo sem grande preparação.

26 Deus é tão grande que ninguém pode pretender ficar a conhecê-lo. Ninguém pode ter a pretensão de compreender a eternidade.

29 Poderá alguém entender perfeitamente o caminho das nuvens,e os trovões dentro delas?

30 Vê como dispara os relâmpagos à sua volta;e como cobre os cimos das montanhas.

31 Com a chuva alimenta os povos,dando-lhes recursos em abundância.

32 Enche as mãos com raios faiscantes. Lança cada uma a um alvo certo.

33 Sentimos a sua presença através do trovão. Que todos os pecadores estejam atentos.