Esdras 5

1 O profeta Ageu e o profeta Zacarias, filho de Ido, profetizaram aos judeus que estavam em Judá e em Jerusalém, em nome do Deus de Israel, que estava sobre eles.

2 Então Zorobabel, filho de Sealtiel, e Jesua, filho de Jozadaque, começaram a reconstruir a Casa de Deus, em Jerusalém. Os referidos profetas de Deus estavam com eles e os ajudavam.

3 Nesse tempo, Tatenai, governador da região deste lado do Eufrates, e Setar-Bozenai e os seus companheiros vieram até eles e assim lhes perguntaram: — Quem deu ordem para vocês reconstruírem este templo e restaurarem esta muralha?

4 Perguntaram mais: — E quais são os nomes dos homens que estão construindo este edifício?

5 Porém os olhos de Deus estavam sobre os anciãos dos judeus, de maneira que não foram obrigados a parar, até que o assunto chegasse a Dario, e viesse resposta por carta sobre isso.

6 Eis a cópia da carta que Tatenai, o governador da região deste lado do Eufrates, com Setar-Bozenai e os seus companheiros, os afarsaquitas, que estavam deste lado do rio, enviaram ao rei Dario,

7 na qual lhe deram um relatório nos seguintes termos: “Ao rei Dario, toda a paz!

8 Saiba o rei que nós fomos à província de Judá, ao templo do grande Deus, que está sendo construído com grandes pedras. A madeira está sendo colocada nas paredes, e a obra está sendo feita com diligência e avançando nas mãos deles.

9 Perguntamos aos anciãos e assim lhes dissemos: ‘Quem deu ordem para vocês reconstruírem este templo e restaurarem esta muralha?’

10 Além disto, perguntamos também pelos nomes deles, para informar ao senhor, para que pudéssemos enviar por escrito ao rei os nomes dos homens que são os chefes deles.

11 Esta foi a resposta que nos deram: ‘Nós somos servos do Deus dos céus e da terra e estamos reconstruindo o templo que há muitos anos tinha sido construído, o qual um grande rei de Israel construiu e terminou.

12 Mas, depois que os nossos pais provocaram o Deus dos céus à ira, ele os entregou nas mãos de Nabucodonosor, rei da Babilônia, o caldeu, o qual destruiu este templo e transportou o povo para a Babilônia.

13 Porém Ciro, rei da Babilônia, no primeiro ano do seu reinado, deu ordem para que esta Casa de Deus fosse reconstruída.

14 Também os utensílios de ouro e de prata, da Casa de Deus, que Nabucodonosor tinha levado do templo de Jerusalém e colocado no templo da Babilônia, o rei Ciro os tirou de lá, e foram dados a um homem cujo nome era Sesbazar, a quem tinha nomeado governador

15 e a quem disse: “Pegue estes utensílios, vá e leve-os ao templo de Jerusalém, e que a Casa de Deus seja reconstruída no seu antigo lugar.”

16 Então veio o dito Sesbazar e lançou os fundamentos da Casa de Deus, em Jerusalém; e, daí para cá, o templo tem estado em construção, mas ainda não está acabado.’

17 Agora, se parecer bem ao rei, que se busque nos arquivos reais, na Babilônia, se é verdade que há uma ordem do rei Ciro para reconstruir esta Casa de Deus, em Jerusalém. E que o rei nos faça saber a sua vontade quanto a isto.”

Nova Almeida Atualizada© Copyright © 2017 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados. Texto bíblico utilizado com autorização. Saiba mais sobre a Sociedade Bíblica do Brasil www.sbb.org.br. A Sociedade Bíblica do Brasil trabalha para que a Bíblia esteja, efetivamente, ao alcance de todos e seja lida por todos. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a promover o desenvolvimento integral do ser humano. Você também pode ajudar a Causa da Bíblia!