Salmos 106

1 Aleluia! Deem graças ao Senhor, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre.

2 Quem saberá contar os poderosos feitos do Senhor ou anunciar todo o seu louvor?

3 Bem-aventurados os que guardam a retidão e os que praticam a justiça em todo tempo.

4 Lembra-te de mim, Senhor, segundo a tua bondade para com o teu povo; visita-me com a tua salvação,

5 para que eu veja a prosperidade dos teus escolhidos, e me alegre com a alegria do teu povo, e me glorie com a tua herança.

6 Pecamos, como os nossos pais; cometemos iniquidade, procedemos mal.

7 Nossos pais, no Egito, não entenderam as tuas maravilhas; não se lembraram da multidão das tuas misericórdias e foram rebeldes junto ao mar, o mar Vermelho.

8 Mas Deus os salvou por amor do seu nome, para lhes revelar o seu poder.

9 Repreendeu o mar Vermelho, e ele secou; ele os fez passar pelos abismos, como por um deserto.

10 Salvou-os das mãos de quem os odiava e os resgatou do poder do inimigo.

11 As águas cobriram os seus opressores; nem um deles escapou.

12 Então creram nas suas palavras e lhe cantaram louvor.

13 Logo, porém, se esqueceram das obras de Deus e não esperaram pelos seus desígnios.

14 Entregaram-se à cobiça, no deserto; e, nos lugares áridos, puseram Deus à prova.

15 Concedeu-lhes o que pediram, mas enviou-lhes também uma doença terrível.

16 Tiveram inveja de Moisés, no acampamento, e de Arão, o santo do Senhor.

17 A terra se abriu, engoliu Datã, e cobriu o grupo de Abirão.

18 Um fogo se acendeu contra o grupo deles; as chamas devoraram os ímpios.

19 Em Horebe, fizeram um bezerro e adoraram o ídolo de metal fundido.

20 E, assim, trocaram a glória de Deus pela imagem de um novilho que come capim.

21 Esqueceram-se de Deus, seu Salvador, que, no Egito, havia feito coisas grandiosas,

22 maravilhas na terra de Cam, tremendos feitos no mar Vermelho.

23 Deus os teria exterminado, como tinha dito, se Moisés, seu escolhido, não se houvesse intercedido, impedindo que o seu furor os destruísse.

24 Também desprezaram a terra aprazível e não deram crédito à palavra de Deus;

25 pelo contrário, murmuraram em suas tendas e não ouviram a voz do Senhor.

26 Então lhes jurou, de mão erguida, que os havia de arrasar no deserto;

27 e também espalharia entre as nações a sua descendência e os dispersaria por outras terras.

28 Também se juntaram a Baal-Peor e comeram os sacrifícios dos ídolos mortos.

29 Assim, com tais ações, provocaram a ira do Senhor; e a peste se espalhou entre eles.

30 Então se levantou Fineias e executou o juízo; e a peste cessou.

31 Isso lhe foi atribuído como justiça, de geração em geração, para sempre.

32 Depois, provocaram Deus nas águas de Meribá, e, por causa deles, aconteceu uma desgraça com Moisés,

33 pois foram rebeldes ao Espírito de Deus, e Moisés falou sem refletir.

34 Não exterminaram os povos, como o Senhor lhes havia ordenado.

35 Em vez disso, se mesclaram com as nações e aprenderam os seus costumes.

36 Adoraram os seus ídolos, os quais se tornaram armadilha para eles.

37 Sacrificaram seus filhos e suas filhas aos demônios.

38 Derramaram sangue inocente, o sangue de seus filhos e filhas, que sacrificaram aos ídolos de Canaã; e a terra foi contaminada com sangue.

39 Assim se contaminaram com as suas obras e se prostituíram nos seus feitos.

40 Por isso, acendeu-se a ira do Senhor contra o seu povo, e ele abominou a sua própria herança

41 e os entregou ao poder das nações; sobre eles dominaram os que os odiavam.

42 Também os oprimiram os seus inimigos, sob cujo poder foram subjugados.

43 Muitas vezes os libertou, mas eles o provocaram com os seus planos e, na sua iniquidade, foram abatidos.

44 Mas Deus olhou para eles quando estavam angustiados e lhes ouviu o clamor;

45 lembrou-se, a favor deles, de sua aliança e se compadeceu, segundo a multidão de suas misericórdias.

46 Fez também com que deles tivessem compaixão todos os que os levaram cativos.

47 Salva-nos, Senhor, nosso Deus, e congrega-nos dentre as nações, para que demos graças ao teu santo nome e nos gloriemos no teu louvor.

48 Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, de eternidade a eternidade; e todo o povo diga: “Amém!” Aleluia!

Nova Almeida Atualizada© Copyright © 2017 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados. Texto bíblico utilizado com autorização. Saiba mais sobre a Sociedade Bíblica do Brasil www.sbb.org.br. A Sociedade Bíblica do Brasil trabalha para que a Bíblia esteja, efetivamente, ao alcance de todos e seja lida por todos. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a promover o desenvolvimento integral do ser humano. Você também pode ajudar a Causa da Bíblia!