para conduzi-los em suas batalhas, para que a comunidade do Senhor não seja como ovelhas sem pastor".

Os filhos de vocês serão pastores aqui durante quarenta anos, sofrendo pela infidelidade de vocês, até que o último cadáver de vocês seja destruído no deserto.

Diga-lhes: ‘Juro pelo meu nome, declara o Senhor, que farei a vocês tudo o que pediram:

Mas os seus servos, todos os homens armados para a batalha, atravessarão para lutar perante o Senhor, assim como o meu senhor está dizendo".

Então os homens de Gade e de Rúben disseram a Moisés: "Nós, seus servos, faremos como o meu senhor ordena.

pois todos os primogênitos são meus. Quando feri todos os primogênitos no Egito, separei para mim mesmo todo primogênito de Israel, tanto entre os homens como entre os rebanhos. Serão meus. Eu sou o Senhor".

e disse a Moisés: "Por favor, meu senhor, não nos castigue pelo pecado que tão tolamente cometemos.

E disseram: "Quando o Senhor ordenou ao meu senhor que, por sorteio, desse a terra como herança para os israelitas, ordenou que vocês dessem a herança de nosso irmão Zelofeade às suas filhas.

Josué, filho de Num, que desde jovem era auxiliar de Moisés, interferiu e disse: "Moisés, meu senhor, proíba-os! "

E Balaão disse a Balaque: "Fique aqui junto ao seu holocausto, enquanto eu me retiro. Talvez o Senhor venha ao meu encontro. O que ele me revelar eu lhe contarei". E foi para um monte.

"Dedique os levitas em lugar de todos os primogênitos dos israelitas, e os rebanhos dos levitas em lugar dos rebanhos dos israelitas. Os levitas serão meus. Eu sou o Senhor.

E ele perguntou ao Senhor: "Por que trouxeste este mal sobre o teu servo? Foi por não te agradares de mim, que colocaste sobre os meus ombros a responsabilidade de todo esse povo?

Com ele falo face a face, claramente, e não por enigmas; e ele vê a forma do Senhor. Por que não temeram criticar meu servo Moisés? "

"Assim eles invocarão o meu nome sobre os israelitas, e eu os abençoarei".

Ele respondeu: "Não, não irei; voltarei para a minha terra e para o meu povo".

Balaão, porém, respondeu aos conselheiros de Balaque: "Mesmo que Balaque me desse o seu palácio cheio de prata e de ouro, eu não poderia fazer coisa alguma, grande ou pequena, que vá além da ordem do Senhor meu Deus.

Assim vocês se lembrarão de obedecer a todos os meus mandamentos, e para o seu Deus vocês serão um povo consagrado.

Quem pode contar o pó de Jacó ou o número da quarta parte de Israel? Morra eu a morte dos justos, e seja o meu fim como o deles! "

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse a Moisés:

Mas, como o meu servo Calebe tem outro espírito e me segue com integridade, eu o farei entrar na terra que foi observar, e seus descendentes a herdarão.

Moisés levou o caso perante o Senhor,

Agora estou voltando para o meu povo, mas venha, deixe-me adverti-lo do que este povo fará ao seu povo nos dias futuros". O Quarto Oráculo de Balaão

Disse também o Senhor a Moisés:

Disse também o Senhor a Moisés:

E o Senhor disse a Moisés:

E o Senhor disse a Moisés:

Então o Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse ainda a Moisés:

Disse também o Senhor a Moisés:

O Senhor disse ainda a Moisés:

Então o Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse ainda a Moisés:

Então o Senhor disse a Moisés:

e o Senhor disse a Moisés:

O Senhor disse depois a Moisés:

E o Senhor disse a Moisés: