4 assim você zombará do rei da Babilônia: Como chegou ao fim o opressor! Sua arrogância acabou-se!

5 O Senhor quebrou a vara dos ímpios, o cetro dos governantes,

6 que irados feriram os povos com golpes incessantes, e enfurecidos subjugaram as nações com perseguição implacável.

7 Toda a terra descansa tranqüila, todos irrompem em gritos de alegria.

8 Até os pinheiros e os cedros do Líbano alegram-se por sua causa e dizem: "Agora que você foi derrubado, nenhum lenhador vem derrubar-nos! "

9 Nas profundezas o Sheol está todo agitado para recebê-lo quando chegar. Por sua causa ele desperta os espíritos dos mortos, todos os governantes da terra. Ele os faz levantar-se dos seus tronos, todos os reis dos povos.

10 Todos responderão e lhe dirão: "Você também perdeu as forças como nós, e tornou-se como um de nós".

11 Sua soberba foi lançada na sepultura, junto com o som das suas liras; sua cama é de larvas, sua coberta, de vermes.

12 Como você caiu dos céus, ó estrela da manhã, filho da alvorada! Como foi atirado à terra, você, que derrubava as nações!

13 Você que dizia no seu coração: "Subirei aos céus; erguerei o meu trono acima das estrelas de Deus; eu me assentarei no monte da assembléia, no ponto mais elevado do monte santo.

14 Subirei mais alto que as mais altas nuvens; serei como o Altíssimo".

Isaías 14:4-14