129 Os teus testemunhos são maravilhosos; por isso lhes obedeço.

130 A explicação das tuas palavras ilumina e dá discernimento aos inexperientes.

131 Abro a boca e suspiro, ansiando por teus mandamentos.

132 Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, como sempre fazes aos que amam o teu nome.

133 Dirige os meus passos, conforme a tua palavra; não permitas que nenhum pecado me domine.

134 Resgata-me da opressão dos homens, para que eu obedeça aos teus preceitos.

135 Faze o teu rosto resplandecer sobre o teu servo, e ensina-me os teus decretos.

136 Rios de lágrimas correm dos meus olhos, porque a tua lei não é obedecida.

137 Justo és, Senhor, e retas são as tuas ordenanças.

138 Ordenaste os teus testemunhos com justiça; dignos são de inteira confiança!

139 O meu zelo me consome, pois os meus adversários se esquecem das tuas palavras.

140 A tua promessa foi plenamente comprovada, e, por isso, o teu servo a ama.

141 Sou pequeno e desprezado, mas não esqueço os teus preceitos.

142 A tua justiça é eterna, e a tua lei é a verdade.

143 Tribulação e angústia me atingiram, mas os teus mandamentos são o meu prazer.

144 Os teus testemunhos são eternamente justos, dá-me discernimento para que eu tenha vida.

145 Eu clamo de todo o coração; responde-me, Senhor, e obedecerei aos teus testemunhos!

146 Clamo a ti; salva-me, e obedecerei aos teus estatutos!

147 Antes do amanhecer me levanto e suplico o teu socorro; na tua palavra coloquei a minha esperança.

148 Fico acordado nas vigílias da noite, para meditar nas tuas promessas.

149 Ouve a minha voz pelo teu amor leal; faze-me viver, Senhor, conforme as tuas ordenanças.

150 Os meus perseguidores aproximam-se com más intenções; mas estão distantes da tua lei.

151 Tu, porém, Senhor, estás perto e todos os teus mandamentos são verdadeiros.

152 Há muito aprendi dos teus testemunhos que os estabeleceste para sempre.

Salmos 119:129-152