18 Certamente os pões em terreno escorregadio e os fazes cair na ruína.

19 Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor!

20 São como um sonho que se vai quando a gente acorda; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer.

21 Quando o meu coração estava amargurado e no íntimo eu sentia inveja,

22 agi como insensato e ignorante; minha atitude para contigo era a de um animal irracional.

23 Contudo, sempre estou contigo; tomas a minha mão direita e me susténs.

24 Tu me diriges com o teu conselho, e depois me receberás com honras.

25 A quem tenho nos céus senão a ti? E na terra, nada mais desejo além de estar junto a ti.

26 O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.

27 Os que te abandonam sem dúvida perecerão; tu destróis todos os infiéis.

28 Mas, para mim, bom é estar perto de Deus; fiz do Soberano Senhor o meu refúgio; proclamarei todos os teus feitos.

Salmos 73:18-28