1 Samuel 3

1 Enquanto isso, o menino Samuel servia ao Senhor ajudando Eli. Naqueles dias, as mensagens do Senhor eram muito raras, e visões não eram comuns.

2 Certa noite, Eli, que estava quase cego, tinha ido se deitar.

3 A lâmpada de Deus ainda não havia se apagado, e Samuel dormia na casa do Senhor, onde estava a arca de Deus.

4 De repente, o Senhor chamou: “Samuel!”. O menino respondeu: “Estou aqui!”.

5 Ele se levantou e correu até onde estava Eli. “Estou aqui! O senhor me chamou?” “Não o chamei”, respondeu Eli. “Volte para a cama.” E Samuel voltou a se deitar.

6 Então o Senhor o chamou novamente: “Samuel!”. Mais uma vez, Samuel se levantou e foi até Eli. “Estou aqui! O senhor me chamou?” Mas Eli respondeu: “Meu filho, não o chamei. Volte para a cama”.

7 Samuel ainda não conhecia o Senhor, porque nunca havia recebido uma mensagem dele.

8 O Senhor o chamou pela terceira vez, e novamente Samuel se levantou e foi até Eli. “Estou aqui! O senhor me chamou?” Então Eli entendeu que era o Senhor que chamava o menino.

9 Por isso, disse a Samuel: “Vá e deite-se novamente. Se alguém o chamar, diga: ‘Fala, Senhor, pois teu servo está ouvindo’”. E Samuel voltou para a cama.

10 Então o Senhor veio e o chamou, como antes: “Samuel! Samuel!”. Samuel respondeu: “Fala, pois teu servo está ouvindo”.

11 Então o Senhor disse a Samuel: “Estou prestes a realizar algo em Israel que fará tinir os ouvidos daqueles que ouvirem a respeito.

12 Cumprirei do começo ao fim todas as ameaças que fiz contra Eli e sua família.

13 Eu o adverti de que castigaria sua família para sempre, pois seus filhos blasfemaram contra Deus, e ele não os repreendeu por seus pecados.

14 Por isso, jurei que os pecados de Eli e de seus filhos jamais serão perdoados por meio de sacrifícios nem de ofertas”.

15 Samuel ficou deitado até de manhã, e então se levantou e abriu as portas da casa do Senhor. Estava com medo de contar para Eli a visão que tivera.

16 Mas Eli o chamou: “Samuel, meu filho”. “Estou aqui”, respondeu Samuel.

17 “O que o Senhor lhe disse?”, perguntou Eli. “Conte-me tudo. E que o Senhor o castigue severamente se você esconder de mim alguma coisa do que ele disse!”

18 Então Samuel contou tudo a Eli e não escondeu nada. Eli respondeu: “É a vontade do Senhor. Que ele faça o que lhe parecer melhor”.

19 À medida que Samuel crescia, o Senhor estava com ele, e todas as suas palavras se cumpriam.

20 E todo o Israel, desde Dã, ao norte, até Berseba, ao sul, sabia que Samuel havia sido confirmado como profeta do Senhor.

21 O Senhor continuou a aparecer em Siló e a transmitir mensagens a Samuel ali.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.