Isaías 20

1 No ano em que Sargom, rei da Assíria, enviou o comandante supremo do seu exército contra Asdode, cidade da Filisteia, e a tomou, o Senhor disse a Isaías, o filho de Amós, que se despisse, que tirasse os sapatos e andasse assim nu e descalço. Isaías fez como lhe foi mandado.

3 Então o Senhor disse: O meu servo Isaías, que tem andado despido e descalço estes últimos três anos, é uma imagem das terríveis calamidades que vou enviar ao Egipto e à Etiópia.

4 Porque o rei da Assíria virá levar os egípcios e os etíopes como prisioneiros, fazendo-os andar nus e descalços, tanto jovens como velhos; andarão de nádegas à mostra, para vergonha do Egipto.

5 E então como ficarão aflitos os filisteus, que contavam com o poder da Etiópia, que descansavam no seu glorioso aliado, o Egipto!

6 E dirão nessa altura: Se tal pode acontecer até ao Egipto, então qual não será a nossa sorte!