Amós 7

1 Foi isto que o Senhor Soberano me mostrou numa visão: ele se preparava para enviar sobre a terra um exército de gafanhotos. Isso foi depois que a porção do rei havia sido colhida dos campos, quando brotava a colheita principal.

2 Em minha visão, os gafanhotos comeram todas as plantas da terra. Então eu disse: “Ó Senhor Soberano, perdoa-nos! Do contrário, não sobreviveremos, pois Israel é muito pequeno”.

3 Então o Senhor voltou atrás e disse: “O que você viu não acontecerá”.

4 Foi isto que o Senhor Soberano me mostrou em outra visão: ele se preparava para castigar seu povo com um grande fogo. O fogo havia consumido as profundezas do mar e devorava toda a terra.

5 Então eu disse: “Ó Senhor Soberano, imploro-te que pares. Do contrário, não sobreviveremos, pois Israel é muito pequeno”.

6 Então o Senhor Soberano voltou atrás e disse: “Isso também não acontecerá”.

7 Foi isto que ele me mostrou em outra visão: o Senhor estava em pé, junto a um muro que havia sido construído usando-se um prumo, e segurava o prumo em sua mão.

8 O Senhor me perguntou: “Amós, o que você vê?”. Respondi: “Um prumo”. Então o Senhor disse: “Provarei meu povo com este prumo. Não fecharei mais os olhos para o que fazem.

9 Os santuários idólatras de seus antepassados ficarão em ruínas, e os lugares de adoração de Israel serão destruídos; trarei a espada contra a dinastia de Jeroboão”.

10 Então Amazias, sacerdote de Betel, enviou uma mensagem a Jeroboão, rei de Israel: “Amós conspira contra o rei aqui mesmo, no meio do povo, falando coisas intoleráveis!

11 Assim diz ele: ‘Em breve Jeroboão será morto pela espada, e o povo de Israel será enviado para o exílio’”.

12 Então Amazias ordenou a Amós: “Vá embora daqui, profeta! Volte para a terra de Judá e ganhe a vida profetizando ali!

13 Não nos incomode com suas profecias aqui em Betel. Este é o santuário do rei e o lugar de adoração de todo o reino!”.

14 Amós respondeu: “Não sou profeta e nunca fui treinado para ser profeta. Sou apenas um boiadeiro e colhedor de figos.

15 Mas o Senhor me tirou de junto de meu rebanho e disse: ‘Vá e profetize a meu povo, Israel’.

16 Agora, portanto, ouça esta mensagem do Senhor: “Você diz: ‘Não profetize contra Israel; pare de pregar contra meu povo’.

17 Mas assim diz o Senhor: ‘Sua esposa se tornará prostituta nesta cidade, e seus filhos e filhas serão mortos pela espada. Sua terra será dividida, e você morrerá em terra estrangeira. E o povo de Israel certamente será levado para o exílio, para longe de sua terra natal’”.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.