Gênesis 11

1 Houve um tempo em que todos os habitantes do mundo falavam a mesma língua e usavam as mesmas palavras.

2 Ao migrarem do leste, encontraram uma planície na terra da Babilônia, onde se estabeleceram.

3 Começaram a dizer uns aos outros: “Venham, vamos fazer tijolos e endurecê-los no fogo”. (Naquela região, era costume usar tijolos em vez de pedras, e betume em vez de argamassa.)

4 Depois, disseram: “Venham, vamos construir uma cidade com uma torre que chegue até o céu. Assim, ficaremos famosos e não seremos espalhados pelo mundo”.

5 O Senhor, porém, desceu para ver a cidade e a torre que estavam construindo.

6 “Vejam!”, disse o Senhor. “Todos se uniram e falam a mesma língua. Se isto é o começo do que fazem, nada do que se propuserem a fazer daqui em diante lhes será impossível.

7 Venham, vamos descer e confundi-los com línguas diferentes, para que não consigam mais entender uns aos outros.”

8 Assim, o Senhor os espalhou pelo mundo inteiro, e eles pararam de construir a cidade.

9 Ela recebeu o nome de Babel, pois ali o Senhor confundiu as pessoas com línguas diferentes e as espalhou pelo mundo.

10 Este é o relato da família de Sem. Dois anos depois do dilúvio, aos 100 anos, Sem gerou Arfaxade.

11 Depois do nascimento de Arfaxade, Sem viveu mais 500 anos e teve outros filhos e filhas.

12 Aos 35 anos, Arfaxade gerou Salá.

13 Depois do nascimento de Salá, Arfaxade viveu mais 403 anos e teve outros filhos e filhas.

14 Aos 30 anos, Salá gerou Héber.

15 Depois do nascimento de Héber, Salá viveu mais 403 anos e teve outros filhos e filhas.

16 Aos 34 anos, Héber gerou Pelegue.

17 Depois do nascimento de Pelegue, Héber viveu mais 430 anos e teve outros filhos e filhas.

18 Aos 30 anos, Pelegue gerou Reú.

19 Depois do nascimento de Reú, Pelegue viveu mais 209 anos e teve outros filhos e filhas.

20 Aos 32 anos, Reú gerou Serugue.

21 Depois do nascimento de Serugue, Reú viveu mais 207 anos e teve outros filhos e filhas.

22 Aos 30 anos, Serugue gerou Naor.

23 Depois do nascimento de Naor, Serugue viveu mais 200 anos e teve outros filhos e filhas.

24 Aos 29 anos, Naor gerou Terá.

25 Depois do nascimento de Terá, Naor viveu mais 119 anos e teve outros filhos e filhas.

26 Depois que completou 70 anos, Terá gerou Abrão, Naor e Harã.

27 Este é o relato da família de Terá, pai de Abrão, Naor e Harã. Harã, que foi o pai de Ló,

28 morreu em Ur dos caldeus, sua terra natal, enquanto seu pai, Terá, ainda vivia.

29 Tanto Abrão como Naor se casaram. A mulher de Abrão se chamava Sarai, e a mulher de Naor, Milca. (Milca e sua irmã, Iscá, eram filhas de Harã, irmão de Naor.)

30 Sarai, porém, não conseguia engravidar e não tinha filhos.

31 Certo dia, Terá tomou seu filho Abrão, sua nora Sarai (mulher de seu filho Abrão) e seu neto Ló (filho de seu filho Harã) e se mudou de Ur dos caldeus. Partiram em direção à terra de Canaã, mas pararam em Harã e se estabeleceram ali.

32 Terá viveu 205 anos e morreu enquanto ainda estava em Harã.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.