Números 6

1 Então o Senhor disse a Moisés:

2 “Dê as seguintes instruções ao povo de Israel. “Se alguém do povo, homem ou mulher, fizer o voto especial de nazireu e se consagrar ao Senhor,

3 deixará de beber vinho e outras bebidas fermentadas. Não usará vinagre feito de vinho nem de outras bebidas fermentadas, e não beberá suco de uva nem comerá uvas ou passas.

4 Enquanto estiver sob o voto de nazireu, não beberá nem comerá coisa alguma que venha da videira, nem mesmo sementes ou cascas de uvas.

5 “Enquanto durar o voto, o nazireu será consagrado ao Senhor e não cortará o cabelo. Deixará o cabelo crescer até concluir o voto.

6 Não se aproximará de cadáver enquanto estiver consagrado ao Senhor.

7 Mesmo que o falecido seja seu pai, mãe, irmão ou irmã, o nazireu não se contaminará, pois o cabelo em sua cabeça simboliza sua consagração a Deus.

8 Essa exigência é válida enquanto ele estiver consagrado ao Senhor.

9 “Se alguém cair morto ao lado do nazireu, o cabelo que ele consagrou ficará contaminado. Esperará sete dias e depois raspará a cabeça. Então, estará purificado de sua contaminação.

10 No oitavo dia, levará duas rolinhas ou dois pombinhos para o sacerdote à entrada da tenda do encontro.

11 O sacerdote oferecerá uma das aves como oferta pelo pecado, e a outra, como holocausto. Desse modo, fará expiação pela culpa resultante do contato com o cadáver. O nazireu reafirmará seu compromisso e deixará o cabelo crescer outra vez.

12 Os dias de voto cumpridos antes da contaminação não serão contados. Ele se consagrará novamente ao Senhor por todo o período do voto e apresentará um cordeiro de um ano como oferta pela culpa.

13 “Essa é a lei ritual para o nazireu. Quando chegar ao fim do período de consagração, irá até a entrada da tenda do encontro

14 e trará suas ofertas ao Senhor: um cordeiro de um ano e sem defeito como holocausto, uma cordeira de um ano e sem defeito como oferta pelo pecado, um carneiro sem defeito como oferta de paz,

15 um cesto de pães sem fermento, bolos de farinha da melhor qualidade misturada com azeite e pães finos untados com azeite, junto com as ofertas de cereal e ofertas derramadas.

16 O sacerdote apresentará as ofertas diante do Senhor: primeiro a oferta pelo pecado e o holocausto,

17 depois o carneiro para a oferta de paz, junto com o cesto de pães sem fermento. O sacerdote também apresentará ao Senhor as ofertas de cereal e ofertas derramadas.

18 “Em seguida, o nazireu raspará a cabeça à entrada da tenda do encontro. Pegará o cabelo que consagrou e o colocará no fogo embaixo do sacrifício da oferta de paz.

19 Depois que o nazireu tiver raspado a cabeça, o sacerdote pegará um ombro cozido de carneiro e, de dentro do cesto, pegará um bolo e um pão fino sem fermento e colocará tudo nas mãos do nazireu.

20 Por fim, o sacerdote os moverá para o alto como oferta especial diante do Senhor. Essas são as porções santas para o sacerdote, junto com o peito da oferta movida e a coxa da oferta sagrada movidos diante do Senhor. Depois dessa cerimônia, o nazireu poderá voltar a beber vinho.

21 “Essa é a lei ritual dos nazireus que fazem o voto de apresentar essas ofertas para o Senhor. Se tiverem recursos materiais, apresentarão outras ofertas além dessas. Devem cumprir o voto que fizeram quando se consagraram como nazireus”.

22 Então o Senhor disse a Moisés:

23 “Diga a Arão e a seus filhos que abençoem o povo de Israel com esta bênção especial:

24 ‘Que o Senhor o abençoe e o proteja.

25 Que o Senhor olhe para você com favor e lhe mostre bondade.

26 Que o Senhor se agrade de você e lhe dê paz’.

27 Assim, Arão e seus filhos colocarão meu nome sobre os israelitas, e eu mesmo os abençoarei”.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.