Provérbios 10

1 Provérbios de Salomão: O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe.

2 Os tesouros da impiedade de nada aproveitam; mas a justiça livra da morte.

3 O Senhor não deixa o justo passar fome, mas rechaça a aspiração dos perversos.

4 O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece.

5 O que ajunta no verão é filho ajuizado, mas o que dorme na sega é filho que envergonha.

6 Bênçãos há sobre a cabeça do justo, mas a violência cobre a boca dos perversos.

7 A memória do justo é abençoada, mas o nome dos perversos apodrecerá.

8 O sábio de coração aceita os mandamentos, mas o insensato de lábios ficará transtornado.

9 Quem anda em sinceridade, anda seguro; mas o que perverte os seus caminhos ficará conhecido.

10 O que acena com os olhos causa dores, e o tolo de lábios ficará transtornado.

11 A boca do justo é fonte de vida, mas a violência cobre a boca dos perversos.

12 O ódio excita contendas, mas o amor cobre todos os pecados.

13 Nos lábios do entendido se acha a sabedoria, mas a vara é para as costas do falto de entendimento.

14 Os sábios entesouram a sabedoria; mas a boca do tolo o aproxima da ruína.

15 Os bens do rico são a sua cidade forte, a pobreza dos pobres a sua ruína.

16 A obra do justo conduz à vida, o fruto do perverso, ao pecado.

17 O caminho para a vida é daquele que guarda a instrução, mas o que deixa a repreensão comete erro.

18 O que encobre o ódio tem lábios falsos, e o que divulga má fama é um insensato.

19 Na multidão de palavras não falta pecado, mas o que modera os seus lábios é sábio.

20 Prata escolhida é a língua do justo; o coração dos perversos é de nenhum valor.

21 Os lábios do justo apascentam a muitos, mas os tolos morrem por falta de entendimento.

22 A bênção do Senhor é que enriquece; e não traz consigo dores.

23 Para o tolo, o cometer desordem é divertimento; mas para o homem entendido é o ter sabedoria.

24 Aquilo que o perverso teme sobrevirá a ele, mas o desejo dos justos será concedido.

25 Como passa a tempestade, assim desaparece o perverso, mas o justo tem fundamento perpétuo.

26 Como vinagre para os dentes, como fumaça para os olhos, assim é o preguiçoso para aqueles que o mandam.

27 O temor do Senhor aumenta os dias, mas os perversos terão os anos da vida abreviados.

28 A esperança dos justos é alegria, mas a expectação dos perversos perecerá.

29 O caminho do Senhor é fortaleza para os retos, mas ruína para os que praticam a iniqüidade.

30 O justo nunca jamais será abalado, mas os perversos não habitarão a terra.

31 A boca do justo jorra sabedoria, mas a língua da perversidade será cortada.

32 Os lábios do justo sabem o que agrada, mas a boca dos perversos, só perversidades.

1 The proverbs of Solomon. A wise son maketh a glad father: but a foolish son is the heaviness of his mother.

2 Treasures of wickedness profit nothing: but righteousness delivereth from death.

3 The LORD will not suffer the soul of the righteous to famish: but he casteth away the substance of the wicked.

4 He becometh poor that dealeth with a slack hand: but the hand of the diligent maketh rich.

5 He that gathereth in summer is a wise son: but he that sleepeth in harvest is a son that causeth shame.

6 Blessings are upon the head of the just: but violence covereth the mouth of the wicked.

7 The memory of the just is blessed: but the name of the wicked shall rot.

8 The wise in heart will receive commandments: but a prating fool shall fall.

9 He that walketh uprightly walketh surely: but he that perverteth his ways shall be known.

10 He that winketh with the eye causeth sorrow: but a prating fool shall fall.

11 The mouth of a righteous man is a well of life: but violence covereth the mouth of the wicked.

12 Hatred stirreth up strifes: but love covereth all sins.

13 In the lips of him that hath understanding wisdom is found: but a rod is for the back of him that is void of understanding.

14 Wise men lay up knowledge: but the mouth of the foolish is near destruction.

15 The rich man’s wealth is his strong city: the destruction of the poor is their poverty.

16 The labour of the righteous tendeth to life: the fruit of the wicked to sin.

17 He is in the way of life that keepeth instruction: but he that refuseth reproof erreth.

18 He that hideth hatred with lying lips, and he that uttereth a slander, is a fool.

19 In the multitude of words there wanteth not sin: but he that refraineth his lips is wise.

20 The tongue of the just is as choice silver: the heart of the wicked is little worth.

21 The lips of the righteous feed many: but fools die for want of wisdom.

22 The blessing of the LORD , it maketh rich, and he addeth no sorrow with it.

23 It is as sport to a fool to do mischief: but a man of understanding hath wisdom.

24 The fear of the wicked, it shall come upon him: but the desire of the righteous shall be granted.

25 As the whirlwind passeth, so is the wicked no more: but the righteous is an everlasting foundation.

26 As vinegar to the teeth, and as smoke to the eyes, so is the sluggard to them that send him.

27 The fear of the LORD prolongeth days: but the years of the wicked shall be shortened.

28 The hope of the righteous shall be gladness: but the expectation of the wicked shall perish.

29 The way of the LORDis strength to the upright: but destruction shall be to the workers of iniquity.

30 The righteous shall never be removed: but the wicked shall not inhabit the earth.

31 The mouth of the just bringeth forth wisdom: but the froward tongue shall be cut out.

32 The lips of the righteous know what is acceptable: but the mouth of the wicked speaketh frowardness.

Domínio Público. Esta tradução bíblica de domínio público é trazida a você por cortesia de eBible.org.