Provérbios 14

1 Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos.

2 O que anda na retidão teme ao Senhor, mas o que se desvia de seus caminhos o despreza.

3 Na boca do tolo está a punição da soberba, mas os sábios se conservam pelos próprios lábios.

4 Não havendo bois o estábulo fica limpo, mas pela força do boi há abundância de colheita.

5 A verdadeira testemunha não mentirá, mas a testemunha falsa se desboca em mentiras.

6 O escarnecedor busca sabedoria e não acha nenhuma, para o prudente, porém, o conhecimento é fácil.

7 Desvia-te do homem insensato, porque nele não acharás lábios de conhecimento.

8 A sabedoria do prudente é entender o seu caminho, mas a estultícia dos insensatos é engano.

9 Os insensatos zombam do pecado, mas entre os retos há benevolência.

10 O coração conhece a sua própria amargura, e o estranho não participará no íntimo da sua alegria.

11 A casa dos ímpios se desfará, mas a tenda dos retos florescerá.

12 Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.

13 Até no riso o coração sente dor e o fim da alegria é tristeza.

14 O que no seu coração comete deslize, se enfada dos seus caminhos, mas o homem bom fica satisfeito com o seu proceder.

15 O simples dá crédito a cada palavra, mas o prudente atenta para os seus passos.

16 O sábio teme, e desvia-se do mal, mas o tolo se encoleriza, e dá-se por seguro.

17 O que se indigna à toa fará doidices, e o homem de maus intentos será odiado.

18 Os simples herdarão a estultícia, mas os prudentes serão coroados de conhecimento.

19 Os maus inclinam-se diante dos bons, e os ímpios diante das portas dos justos.

20 O pobre é odiado até pelo seu próximo, porém os amigos dos ricos são muitos.

21 O que despreza ao seu próximo peca, mas o que se compadece dos humildes é bem-aventurado.

22 Porventura não erram os que praticam o mal? mas beneficência e fidelidade haverá para os que praticam o bem.

23 Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza.

24 A coroa dos sábios é a sua riqueza, a estultícia dos tolos é só estultícia.

25 A testemunha verdadeira livra as almas, mas o que se desboca em mentiras é enganador.

26 No temor do Senhor há firme confiança e ele será um refúgio para seus filhos.

27 O temor do Senhor é fonte de vida, para desviar dos laços da morte.

28 Na multidão do povo está a glória do rei, mas na falta de povo a ruína do príncipe.

29 O longânimo é grande em entendimento, mas o que é de espírito impaciente mostra a sua loucura.

30 O sentimento sadio é vida para o corpo, mas a inveja é podridão para os ossos.

31 O que oprime o pobre insulta àquele que o criou, mas o que se compadece do necessitado o honra.

32 Pela sua própria malícia é lançado fora o perverso, mas o justo até na morte se mantém confiante.

33 No coração do prudente a sabedoria permanece, mas o que está no interior dos tolos se faz conhecido.

34 A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações.

35 O rei se alegra no servo prudente, mas sobre o que o envergonha cairá o seu furor.

1 Every wise woman buildeth her house: but the foolish plucketh it down with her hands.

2 He that walketh in his uprightness feareth the LORD : but he that is perverse in his ways despiseth him.

3 In the mouth of the foolish is a rod of pride: but the lips of the wise shall preserve them.

4 Where no oxen are , the crib is clean: but much increase is by the strength of the ox.

5 A faithful witness will not lie: but a false witness will utter lies.

6 A scorner seeketh wisdom, and findeth it not: but knowledge is easy unto him that understandeth.

7 Go from the presence of a foolish man, when thou perceivest not in him the lips of knowledge.

8 The wisdom of the prudent is to understand his way: but the folly of fools is deceit.

9 Fools make a mock at sin: but among the righteous there is favour.

10 The heart knoweth his own bitterness; and a stranger doth not intermeddle with his joy.

11 The house of the wicked shall be overthrown: but the tabernacle of the upright shall flourish.

12 There is a way which seemeth right unto a man, but the end thereof are the ways of death.

13 Even in laughter the heart is sorrowful; and the end of that mirth is heaviness.

14 The backslider in heart shall be filled with his own ways: and a good man shall be satisfied from himself.

15 The simple believeth every word: but the prudent man looketh well to his going.

16 A wise man feareth, and departeth from evil: but the fool rageth, and is confident.

17 He that is soon angry dealeth foolishly: and a man of wicked devices is hated.

18 The simple inherit folly: but the prudent are crowned with knowledge.

19 The evil bow before the good; and the wicked at the gates of the righteous.

20 The poor is hated even of his own neighbour: but the rich hath many friends.

21 He that despiseth his neighbour sinneth: but he that hath mercy on the poor, happy is he.

22 Do they not err that devise evil? but mercy and truth shall be to them that devise good.

23 In all labour there is profit: but the talk of the lips tendeth only to penury.

24 The crown of the wise is their riches: but the foolishness of fools is folly.

25 A true witness delivereth souls: but a deceitful witness speaketh lies.

26 In the fear of the LORDis strong confidence: and his children shall have a place of refuge.

27 The fear of the LORDis a fountain of life, to depart from the snares of death.

28 In the multitude of people is the king’s honour: but in the want of people is the destruction of the prince.

29 He that is slow to wrath is of great understanding: but he that is hasty of spirit exalteth folly.

30 A sound heart is the life of the flesh: but envy the rottenness of the bones.

31 He that oppresseth the poor reproacheth his Maker: but he that honoureth him hath mercy on the poor.

32 The wicked is driven away in his wickedness: but the righteous hath hope in his death.

33 Wisdom resteth in the heart of him that hath understanding: but that which is in the midst of fools is made known.

34 Righteousness exalteth a nation: but sin is a reproach to any people.

35 The king’s favour is toward a wise servant: but his wrath is against him that causeth shame.

Domínio Público. Esta tradução bíblica de domínio público é trazida a você por cortesia de eBible.org.