João 5

1 Depois disso, Jesus voltou a Jerusalém para uma das festas religiosas dos judeus.

2 Dentro da cidade, junto à porta das Ovelhas, ficava o tanque de Betesda, com cinco pátios cobertos.

3 Ficavam ali cegos, mancos e paralíticos, uma multidão de enfermos, esperando um movimento da água,

4 pois um anjo do Senhor descia de vez em quando e agitava a água. O primeiro que entrava no tanque após a água ser agitada era curado de qualquer enfermidade que tivesse.

5 Um dos homens ali estava doente havia 38 anos.

6 Quando Jesus o viu e soube que estava enfermo por tanto tempo, perguntou-lhe: "Você gostaria de ser curado?".

7 O homem respondeu: "Não consigo, senhor, pois não tenho quem me coloque no tanque quando a água se agita. Alguém sempre chega antes de mim".

8 Jesus lhe disse: "Levante-se, pegue sua maca e ande!".

9 No mesmo instante, o homem ficou curado. Ele pegou sua maca e começou a andar. Uma vez que esse milagre aconteceu no sábado,

10 os líderes judeus disseram ao homem que havia sido curado: "Hoje é sábado! A lei não permite que você carregue essa maca!".

11 Mas ele respondeu: "O homem que me curou disse: ‘Pegue sua maca e ande’".

12 "Quem foi que lhe disse uma coisa dessas?", perguntaram eles.

13 O homem não sabia, pois Jesus havia desaparecido no meio da multidão.

14 Mais tarde, Jesus o encontrou no templo e lhe disse: "Agora você está curado; deixe de pecar, para que nada pior lhe aconteça".

15 O homem foi até os líderes judeus e lhes disse que tinha sido Jesus quem o havia curado.

16 Então os líderes judeus começaram a perseguir Jesus por não respeitar as regras do sábado.

17 Jesus, porém, disse: "Meu Pai sempre trabalha, e eu também".

18 Assim, os líderes judeus se empenharam ainda mais em encontrar um modo de matá-lo, pois ele não apenas violava o sábado, mas afirmava que Deus era seu Pai e, portanto, se igualava a Deus.

19 Jesus respondeu: "Eu lhes digo a verdade: o Filho não pode fazer coisa alguma por sua própria conta. Ele faz apenas o que vê o Pai fazer. Aquilo que o Pai faz, o Filho também faz.

20 Pois o Pai ama o Filho e lhe mostra tudo que faz. Na verdade, o Pai lhe mostrará obras ainda maiores que estas, para que vocês fiquem admirados.

21 Pois assim como o Pai dá vida àqueles que ele ressuscita dos mortos, também o Filho dá vida a quem ele quer.

22 Além disso, o Pai não julga ninguém, mas deu ao Filho autoridade absoluta para julgar,

23 para que todos honrem o Filho como honram o Pai. Quem não honra o Filho certamente não honra o Pai, que o enviou.

24 "Eu lhes digo a verdade: quem ouve minha mensagem e crê naquele que me enviou tem a vida eterna. Jamais será condenado, mas já passou da morte para a vida.

25 "E eu lhes asseguro que está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os mortos ouvirão minha voz, a voz do Filho de Deus. E aqueles que a ouvirem viverão.

26 O Pai tem a vida em si mesmo, e concedeu a seu Filho igual poder de dar vida,

27 e lhe deu autoridade para julgar a todos, porque ele é o Filho do Homem.

28 Não fiquem tão surpresos! Na verdade, vem o tempo em que todos os mortos ouvirão, em seus túmulos, a voz do Filho de Deus

29 e ressuscitarão. Aqueles que fizeram o bem ressuscitarão para terem vida eterna, e aqueles que continuaram a fazer o mal ressuscitarão para serem julgados.

30 Não posso fazer coisa alguma por minha própria conta. Julgo conforme aquilo que Deus me diz. Logo, meu julgamento é justo, pois não faço minha própria vontade, mas a vontade do Pai, que me enviou."

31 "Se eu testemunhasse a respeito de mim mesmo, meu testemunho não seria válido.

32 Mas há outro que também testemunha sobre mim, e eu lhes asseguro que tudo que ele diz a meu respeito é verdadeiro.

33 Vocês enviaram investigadores para ouvir João, e o testemunho dele sobre mim é verdadeiro.

34 Claro que não tenho necessidade alguma de testemunhas humanas, mas digo estas coisas para que vocês sejam salvos.

35 João era como uma lâmpada que queimava e brilhava e, por algum tempo, vocês se empolgaram com a mensagem dele.

36 Mas eu tenho um testemunho maior que o de João: as obras que realizo. O Pai me deu essas obras para concluir, e elas provam que ele me enviou.

37 E o Pai, que me enviou, testemunhou, ele próprio, a meu respeito. Vocês nunca ouviram sua voz, nem o viram pessoalmente,

38 e não têm sua mensagem no coração, pois não creem em mim, aquele que foi enviado por ele.

39 "Vocês estudam minuciosamente as Escrituras porque creem que elas lhes dão vida eterna. Mas as Escrituras apontam para mim!

40 E, no entanto, vocês se recusam a vir a mim para receber essa vida.

41 "Sua aprovação não vale nada para mim,

42 pois eu sei que o amor a Deus não está em vocês.

43 Eu vim em nome de meu Pai, e vocês me rejeitaram. Se outro vier em seu próprio nome, vocês o receberão.

44 Não é de admirar que não possam crer, pois vocês honram uns aos outros, mas não se importam com a honra que vem do único Deus!

45 "Mas não sou eu quem os acusará diante do Pai. Moisés os acusará! Sim, Moisés, em quem vocês põem sua esperança.

46 Se cressem, de fato, em Moisés, creriam em mim, pois ele escreveu a meu respeito.

47 Contudo, uma vez que não creem naquilo que ele escreveu, como crerão no que eu digo?".

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.