Provérbios 19

1 Melhor é o pobre que anda na sua integridade do que o perverso de lábios, que é um tolo.

2 Não é bom agir sem pensar; quem se precipita acaba pecando.

3 A tolice de uma pessoa perverte o seu caminho, mas é contra o Senhor que o seu coração se irrita.

4 Na riqueza, os amigos se multiplicam; mas o pobre, até o seu único amigo o abandona.

5 A falsa testemunha não ficará impune, e o que profere mentiras não escapará.

6 Ao generoso, muitos o adulam, e todos são amigos de quem dá presentes.

7 Se os irmãos do pobre o detestam, quanto mais se afastarão dele os seus amigos! Corre atrás deles com súplicas, mas não os alcança.

8 Quem adquire sabedoria ama a sua alma; o que conserva o entendimento acha o bem.

9 A falsa testemunha não ficará impune, e o que profere mentiras perecerá.

10 Ao tolo não fica bem viver no luxo; quanto menos ao escravo dominar os príncipes!

11 O bom senso leva a pessoa a controlar a sua ira; a sua glória é perdoar as ofensas.

12 A indignação do rei é como o rugido do leão, mas a sua bondade é como o orvalho sobre a relva.

13 Um filho tolo é a desgraça do pai, e uma esposa briguenta é como uma goteira que não para.

14 A casa e os bens vêm como herança dos pais, mas a esposa sensata vem do Senhor.

15 A preguiça faz cair em profundo sono, e o ocioso passará fome.

16 Quem guarda o mandamento guarda a sua alma, mas o que despreza os seus caminhos, esse morrerá.

17 Quem se compadece do pobre empresta ao Senhor, e este lhe retribuirá o benefício.

18 Corrija o seu filho, enquanto há esperança, mas não se exceda a ponto de matá-lo.

19 Aquele que se deixa levar pela ira terá de sofrer o castigo; porque, se você o livrar, terá de livrá-lo de novo.

20 Ouça os conselhos e receba a instrução, para que você seja sábio a partir de agora.

21 Há muitos planos no coração do ser humano, mas o propósito do Senhor permanecerá.

22 O que torna alguém agradável é a sua misericórdia; o pobre é preferível ao mentiroso.

23 O temor do Senhor conduz à vida; aquele que o tem ficará satisfeito, e mal nenhum o visitará.

24 O preguiçoso põe a mão no prato e não quer ter o trabalho de a levar à boca.

25 Castigue o zombador, e o ingênuo aprenderá a prudência; repreenda o sábio, e ele crescerá no conhecimento.

26 Quem maltrata o seu pai ou manda embora a sua mãe é filho que causa vergonha e traz desonra.

27 Meu filho, se deixar de ouvir a instrução, você se desviará das palavras do conhecimento.

28 A testemunha depravada zomba da justiça, e a boca dos ímpios devora a iniquidade.

29 Preparados estão os juízos para os zombadores e os açoites para as costas dos tolos.

Nova Almeida Atualizada© Copyright © 2017 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados. Texto bíblico utilizado com autorização. Saiba mais sobre a Sociedade Bíblica do Brasil www.sbb.org.br. A Sociedade Bíblica do Brasil trabalha para que a Bíblia esteja, efetivamente, ao alcance de todos e seja lida por todos. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a promover o desenvolvimento integral do ser humano. Você também pode ajudar a Causa da Bíblia!