Provérbios 29

1 Quem teima em rejeitar a repreensão será destruído de repente sem que haja remédio.

2 Quando os justos se multiplicam, o povo se alegra; quando o ímpio domina, então o povo lamenta.

3 Quem ama a sabedoria alegra o seu pai, mas o companheiro de prostitutas desperdiça os bens.

4 O rei justo traz estabilidade ao país, mas o amigo de impostos o leva à ruína.

5 Quem lisonjeia o seu próximo está armando uma rede para os seus pés.

6 Na transgressão do homem mau, há uma armadilha, mas o justo canta e se alegra.

7 O justo se interessa pelo direito dos pobres, mas o ímpio não se importa com isso.

8 Os zombadores alvoroçam a cidade, mas os sábios acalmam os ânimos.

9 Se o sábio discute com um insensato, quer este se enfureça, quer se ria, não haverá descanso.

10 Os homens sanguinários odeiam o íntegro, mas os retos procuram o seu bem.

11 O tolo derrama toda a sua ira, mas o sábio se domina e a reprime.

12 Se um governador dá atenção a palavras mentirosas, todos os seus servos virão a ser perversos.

13 O pobre e o seu opressor têm algo em comum: é o Senhor quem dá luz aos olhos de ambos.

14 O rei que julga os pobres segundo a verdade firmará o seu trono para sempre.

15 A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe.

16 Quando os ímpios se multiplicam, multiplicam-se as transgressões, mas os justos verão a ruína deles.

17 Corrija o seu filho, e você terá descanso; ele será um prazer para a sua alma.

18 Não havendo profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei, esse é feliz.

19 O servo não se emendará com palavras, porque, mesmo que entenda, não obedecerá.

20 Você viu alguém que é precipitado no falar? Há mais esperança para um tolo do que para ele.

21 Se alguém mimar o escravo desde a infância, por fim ele vai querer ser filho.

22 A pessoa colérica provoca discórdias, e quem facilmente fica irado multiplica as transgressões.

23 O orgulho do ser humano o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra.

24 Quem tem parte com um ladrão odeia a própria alma; mesmo ouvindo a maldição, permanece calado.

25 Quem tem medo dos outros cai numa armadilha, mas o que confia no Senhor está seguro.

26 Muitos buscam o favor daquele que governa, mas a justiça do Senhor vem para todos.

27 Para os justos, a pessoa iníqua é abominação, e o reto em seu caminho é abominação ao ímpio.

Nova Almeida Atualizada© Copyright © 2017 Sociedade Bíblica do Brasil. Todos os direitos reservados. Texto bíblico utilizado com autorização. Saiba mais sobre a Sociedade Bíblica do Brasil www.sbb.org.br. A Sociedade Bíblica do Brasil trabalha para que a Bíblia esteja, efetivamente, ao alcance de todos e seja lida por todos. A SBB é uma entidade sem fins lucrativos, dedicada a promover o desenvolvimento integral do ser humano. Você também pode ajudar a Causa da Bíblia!