Gênesis 4

1 Adão conheceu Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz Caim, e disse: "Possuí um homem com a ajuda do Senhor."

2 E deu em seguida à luz Abel, irmão de Caim. Abel tornou-se pastor e Caim lavrador.

3 Passado algum tempo, ofereceu Caim frutos da terra em oblação ao Senhor.

4 Abel, de seu lado, ofereceu dos primogênitos do seu rebanho e das gorduras dele; e o Senhor olhou com agrado para Abel e para sua oblação,

5 mas não olhou para Caim, nem para os seus dons. Caim ficou extremamente irritado com isso, e o seu semblante tornou-se abatido.

6 O Senhor disse-lhe: "Por que estás irado? E por que está abatido o teu semblante?

7 Se praticares o bem, sem dúvida alguma poderás reabilitar-te. Mas se precederes mal, o pecado estará à tua porta, espreitando-te; mas, tu deverás dominá-lo."

8 Caim disse então a Abel, seu irmão: "Vamos ao campo." Logo que chegaram ao campo, Caim atirou-se sobre seu irmão e matou-o.

9 O senhor disse a Caim: "Onde está seu irmão Abel?" - Caim respondeu: "Não sei! Sou porventura eu o guarda do meu irmão?"

10 O Senhor disse-lhe: "Que fizeste! Eis que a voz do sangue do teu irmão clama por mim desde a terra.

11 De ora em diante, serás maldito e expulso da terra, que abriu sua boca para beber de tua mão o sangue do teu irmão.

12 Quando a cultivares, ela te negará os seus frutos. E tu serás peregrino e errante sobre a terra."

13 Caim disse ao Senhor: "Meu castigo é grande demais para que eu o possa suportar.

14 Eis que me expulsais agora deste lugar, e eu devo ocultar-me longe de vossa face, tornando-me um peregrino errante sobre a terra. O primeiro que me encontrar, matar-me-á."

15 E o Senhor respondeu-lhe: "Não! Mas aquele que matar Caim será punido sete vezes." O Senhor pôs em Caim um sinal, para que, se alguém o encontrasse, não o matasse.

16 Caim retirou-se da presença do Senhor, e foi habitar na região de Nod, ao oriente do Éden.

17 Caim conheceu sua mulher. Ela concebeu e deu à luz Henoc. E construiu uma cidade, à qual pôs o nome de seu filho Henoc.

18 Henoc gerou Irad, Irad gerou Maviael; Maviael gerou Matusael, Matusael gerou Lamec.

19 Lamec tomou duas mulheres, uma chamada Ada e outra Sela.

20 Ada deu à luz Jabel, que foi pai daqueles que moram em tendas, entre os rebanhos.

21 O nome de seu irmão era Jubal, que foi o pai de todos aqueles que tocam a cítara e os instrumentos de sopro.

22 Sela, de seu lado, deu à luz Tubal-Caim, o pai de todos que trabalham o cobre e o ferro. A irmã de Tubal-Caim era Noema.

23 Lamec disse às suas mulheres: "Ada e Sela, ouvi a minha voz: mulheres de Lamec, escutai as minhas palavras: Por uma ferida matei um homem, e por uma contusão um menino.

24 Se Caim será vingado sete vezes, Lamec o será setenta e sete vezes."

25 Adão conheceu outra vez sua mulher, e esta deu à luz um filho, ao qual pôs o nome de Set, dizendo: "Deus deu-me uma posteridade para substituir Abel, que Caim matou."

26 Set teve também um filho, que chamou Enos. E o nome do Senhor começou a ser invocado a partir de então.

1 Adam vero cognovit Evam uxo rem suam, quae concepit et peperit Cain dicens: " Acquisivi virum per Dominum ".

2 Rursusque peperit fratrem eius Abel. Et fuit Abel pastor ovium et Cain agricola.

3 Factum est autem post aliquot dies ut offerret Cain de fructibus agri munus Domino.

4 Abel quoque obtulit de primogenitis gregis sui et de adipibus eorum. Et respexit Dominus ad Abel et ad munus eius,

5 ad Cain vero et ad munus illius non respexit. Iratusque est Cain vehementer, et concidit vultus eius.

6 Dixitque Dominus ad eum: " Quare iratus es, et cur concidit facies tua?

7 Nonne si bene egeris, vultum attolles? Sin autem male, in foribus peccatum insidiabitur, et ad te erit appetitus eius, tu autem dominaberis illius ".

8 Dixitque Cain ad Abel fratrem suum: " Egrediamur foras ". Cumque essent in agro, consurrexit Cain adversus Abel fratrem suum et interfecit eum.

9 Et ait Dominus ad Cain: " Ubi est Abel frater tuus? ". Qui respondit: " Nescio. Num custos fratris mei sum ego? ".

10 Dixitque ad eum: " Quid fecisti? Vox sanguinis fratris tui clamat ad me de agro.

11 Nunc igitur maledictus eris procul ab agro, qui aperuit os suum et suscepit sanguinem fratris tui de manu tua!

12 Cum operatus fueris eum, amplius non dabit tibi fructus suos; vagus et profugus eris super terram ".

13 Dixitque Cain ad Dominum: " Maior est poena mea quam ut portem eam.

14 Ecce eicis me hodie a facie agri, et a facie tua abscondar et ero vagus et profugus in terra; omnis igitur, qui invenerit me, occidet me ".

15 Dixitque ei Dominus: " Nequaquam ita fiet, sed omnis qui occiderit Cain, septuplum punietur! ". Posuitque Dominus Cain signum, ut non eum interficeret omnis qui invenisset eum.

16 Egressusque Cain a facie Domini habitavit in terra Nod ad orientalem plagam Eden.

17 Cognovit autem Cain uxorem suam, quae concepit et peperit Henoch. Et aedificavit civitatem vocavitque nomen eius ex nomine filii sui Henoch.

18 Porro Henoch genuit Irad, et Irad genuit Maviael, et Maviael genuit Mathusael, et Mathusael genuit Lamech.

19 Qui accepit uxores duas: nomen uni Ada et nomen alteri Sella.

20 Genuitque Ada Iabel, qui fuit pater habitantium in tentoriis atque pastorum.

21 Et nomen fratris eius Iubal; ipse fuit pater omnium canentium cithara et organo.

22 Sella quoque genuit Tubalcain, qui fuit malleator et faber in cuncta opera aeris et ferri. Soror vero Tubalcain Noema.

23 Dixitque Lamech uxoribus suis: Ada et Sella, audite vocem meam; uxores Lamech, auscultate sermonem meum:occidi virum pro vulnere meoet adulescentulum pro livore meo;

24 septuplum ultio dabitur de Cain, de Lamech vero septuagies septies ".

25 Cognovit quoque Adam uxorem suam, et peperit filium vocavitque nomen eius Seth dicens: " Posuit mihi Deus semen aliud pro Abel, quem occidit Cain ".

26 Sed et Seth natus est filius, quem vocavit Enos. Tunc coeperunt invocare nomen Domini.