Oséias 5

1 Ouvi isto, ó sacerdotes, sede atentos, chefes de Israel, escuta, gente de casa do rei! Contra vós será feito o julgamento, porque vos tornastes um laço para a sentinela, uma rede estendida no Tabor.

2 Os perseguidores levaram ao extremo a maldade, mas vou castigá-los todos.

3 Conheço Efraim, e Israel não me é oculto. Ora, Efraim transviou-se e Israel maculou-se;

4 seu proceder não lhes permite voltar ao seu Deus, porque um espírito de prostituição os possui; eles desconhecem o Senhor.

5 A arrogância de Israel dá testemunho contra ele, Israel e Efraim tropeçarão em sua iniqüidade, e também Judá cairá com eles.

6 Irão buscar o Senhor com suas ovelhas e seus bois, mas não o encontrarão:

7 o Senhor retirou-se deles porque o traíram, porque geraram filhos bastardos. O destruidor vai devorá-los, eles e seus campos.

8 Tocai a corneta em Gabaa, a trombeta em Ramá, dai o alarme em Betavem, alertai Benjamim!

9 Efraim será devastado no dia do castigo. Sobre as tribos de Israel profiro um decreto irrevogável:

10 os chefes de Judá procedem como aqueles que mudam os marcos. Derramarei sobre eles as torrentes do meu furor.

11 Efraim é opressor, transgride o direito porque se compraz em abandonar a regra.

12 Serei para Efraim como a tinha, e para a casa de Judá como a cárie.

13 Efraim verá o seu mal, e Judá a sua chaga; Efraim recorrerá a Assur e Judá dirigir-se-á ao grande rei. Mas este não vos poderá curar nem dar remédio à vossa chaga,

14 porque serei como um leão para Efraim, como um leão para a casa de Judá; eu, eu mesmo despedaçarei a presa e partirei; levá-la-ei comigo e ninguém ma arrebatará.

15 Regressarei à minha morada, até que se arrependam de seus pecados e me procurem, e em sua miséria recorram a mim.

1 Audite hoc, sacerdotes,et attendite, domus Israel;et domus regis, auscultate,quia vobis iudicium est;quoniam laqueus facti estis pro Masphaet rete expansum super Thabor.

2 Et foveam Settim profundam fecerunt;ego autem castigabo vos omnes.

3 Ego scio Ephraim,et Israel non est absconditus a me;quia nunc fornicatus es, Ephraim,contaminatus est Israel.

4 Non dabunt opera sua,ut revertantur ad Deum suum,quia spiritus fornicationis in medio eorum,et Dominum non cognoverunt.

5 Et testatur arrogantia Israel in faciem suam,et Israel et Ephraim ruent in iniquitate sua:ruet etiam Iudas cum eis.

6 In gregibus suis et in armentis suisvadent ad quaerendum Dominumet non invenient;subtraxit se ab eis.

7 In Dominum praevaricati sunt,quia filios alienos genuerunt;nunc devorabit eos uno mense cum partibus suis.

8 Clangite bucina in Gabaa,tuba in Rama,conclamate in Bethaven,exterrete Beniamin.

9 Ephraim vastabitur in die correptionis;in tribubus Israel annuntio rem certam.

10 Facti sunt principes Iudaequasi transferentes terminos;super eos effundamquasi aquam iram meam.

11 Oppressus est Ephraim,fractum est ius,quoniam voluit abire post sordem.

12 Et ego quasi sanies Ephraim,et quasi putredo domui Iudae.

13 Et vidit Ephraim languorem suum,et Iuda ulcus suum;et abiit Ephraim ad Assyriamet misit ad regem magnum;sed et ipse non poterit sanare vosnec solvere poterit vos ab ulcere.

14 Quoniam ego quasi leaena Ephraimet quasi catulus leonis domui Iudae;ego, ego capiam et vadam,tollam, et non est qui eruat.

15 Vadens revertar ad locum meum,donec poenas solvantet quaerant faciem meam,in tribulatione sua me desiderent.