Oséias 9

1 Não te alegres, Israel! Não exultes como os pagãos! Porque te prostituíste, afastando-te de teu Deus. E amaste o salário impuro em todas as eiras de trigo.

2 A eira e o lagar não os alimentarão, e o vinho lhes faltará.

3 Não ficarão na terra do Senhor; os de Efraim voltarão para o Egito, e comerão em Assíria alimentos impuros.

4 Já não farão ao Senhor libações de vinho, nem oferecerão sacrifícios em sua honra. Seu pão será como um pão de luto: todos os que dele comerem se contaminarão. Essa refeição é para seus apetites e não para ser apresentada na casa do Senhor.

5 Que fareis no dia de solenidade, no dia de festa consagrado ao Senhor?

6 Ei-los que partem de uma terra devastada; o Egito os acolherá, Mênfis os sepultará; suas luxuosas residências serão cobertas de urtigas, e abrolhos invadirão suas tendas.

7 Eis que chegam os dias do castigo. Eis que chegam os dias da justiça. Israel exclama: O profeta está louco, o homem inspirado delira. À enormidade de teu pecado junta-se a de tua perseguição.

8 Efraim, o povo de meu Deus, espreita o profeta, arma-lhe ciladas em todos os caminhos, e persegue-o até na casa de seu Deus.

9 Estão profundamente corrompidos, como no tempo de Gabaa. {Deus} se lembrará de suas faltas, e punirá os seus pecados.

10 Encontrei Israel como cachos de uvas no deserto; vi os vossos pais como os primeiros frutos da figueira. Porém, chegados a Beelfegor, consagraram-se a um objeto infame, e tornaram-se tão abomináveis como as coisas que amavam.

11 A glória de Efraim desaparecerá como uma ave: não haverá mais nascimento, nem gravidez e nem sequer concepção!

12 E mesmo os filhos que conseguirem criar, eu os privarei deles antes que se tornem homens. E ai deles, quando eu os abandonar!

13 Efraim, pelo que vi, persegue a mãe de seus filhos; Efraim vai levar seus filhos ao que lhes há de tirar a vida.

14 Dai-lhes Senhor... - que lhes dareis? Dai-lhes entranhas que abortem e seios secos!

15 Toda a sua maldade aparece em Gálgala; foi ali que lhes concebi aversão. Por causa de suas más ações, expulsá-los-ei de minha casa: vou retirar-lhes o meu amor; todos os seus chefes são rebeldes.

16 Efraim foi decepado, sua raiz secou, não dará mais fruto. Mesmo que lhe nasçam filhos, exterminarei o fruto querido de suas entranhas.

17 Meu Deus os rejeitará, porque não o atenderam; andarão errantes entre as nações.

1 Noli laetari, Israel;noli exsultare sicut populi,quia fornicatus es a Deo tuo,dilexisti mercedem super omnes areas tritici.

2 Area et torcular non pascet eos,et vinum mentietur eis.

3 Non manebunt in terra Domini:revertetur Ephraim in Aegyptum,et in Assyria pollutum comedent.

4 Non libabunt Domino vinum,et non placebunt ei sacrificia eorum;quasi panis lugentium erunt eis:omnes, qui comedent eum, contaminabuntur,quia panis eorum erit tantummodo pro vita ipsorum;non intrabit in domum Domini.

5 Quid facietis in die sollemni,in die festivitatis Domini?

6 Ecce enim profecti sunt a vastitate;Aegyptus congregabit eos,Memphis sepeliet eos:desiderabile argentum eorumurtica hereditabit,spina in tabernaculis eorum.

7 Venerunt dies visitationis,venerunt dies retributionis:sciat Israel!Stultus - clamet - est propheta;insanus vir spiritalis".Secundum multitudinem iniquitatis tuaemultae sunt inimicitiae tuae.

8 Speculatur Ephraim, populus Dei mei, prophetam;laqueus aucupis super omnes vias eius,inimicitiae in ipsa domo Dei eius.

9 Profunde peccaveruntsicut in diebus Gabaa;recordabitur iniquitatis eorumet visitabit peccata eorum.

10 Quasi uvas in desertoinveni Israel,quasi prima poma ficulneae in initio eiusvidi patres vestros;ipsi autem intraverunt ad Baalphegoret se consecraverunt Confusioniet facti sunt abominabilessicut id, quod dilexerunt.

11 Ephraim quasi avis avolabit gloria eorum,a partu et ab utero et a conceptu.

12 Quod si et enutrierint filios suos,absque liberis eos faciam, absque hominibus;sed et vae eis,cum recessero ab eis!

13 Ephraim, ut vidi, in venationem posuit sibi filios suos,et Ephraim educit ad interfectorem filios suos.

14 "Da eis, Domine! Quid dabis eis?Da eis vulvam sine liberis et ubera arentia!".

15 Omnes nequitiae eorum in Galgala,profecto ibi exosos habui eos.Propter malitiam operum eorumde domo mea eiciam eos.Non addam ut diligam eos;omnes principes eorum rebelles.

16 Percussus est Ephraim,radix eorum exsiccata est,fructum nequaquam facient;quod si et genuerint,interficiam amantissima uteri eorum ".

17 Abiciet eos Deus meus,quia non audierunt eum;et erunt vagi in nationibus.