Números 10

1 O Senhor disse a Moisés o seguinte:

2 "Faze para ti duas trombetas de prata: faze-as de prata batida. Elas te servirão para convocar a assembléia e para dar o sinal de levantar o acampamento.

3 Quando elas soarem, toda a assembléia se reunirá junto de ti, à entrada da tenda de reunião.

4 Se se tocar uma só, virão e se juntarão a ti os príncipes, os chefes de milhares em Israel.

5 Quando tocardes com força, pôr-se-ão em marcha aqueles que estão acampados ao oriente.

6 E quando tocardes com força uma segunda vez, partirão aqueles que estão acampados ao meio-dia; o sinal para a sua partida será um toque estrepitoso.

7 Para convocar a assembléia tocareis também, mas não com estrépito.

8 São os filhos de Aarão, os sacerdotes, que tocarão as trombetas. É uma lei perpétua para vós e vossos descendentes.

9 "Quando na vossa terra sairdes à guerra contra inimigos que vos atacarem, tocareis com força as trombetas, e o Senhor vosso Deus se lembrará de vós, e sereis livres de vossos inimigos.

10 Nos vossos dias de alegria, vossas festas e vossas luas novas, tocareis as trombetas, oferecendo os holocaustos e os sacrifícios pacíficos, e elas vos lembrarão à memória de vosso Deus. Eu sou o Senhor vosso Deus."

11 No vigésimo dia do segundo mês do segundo ano, levantou-se a nuvem do tabernáculo do testemunho.

12 Os israelitas puseram-se em marcha e partiram do deserto do Sinai; e a nuvem parou no deserto de Farã.

13 Partiram, pois, pela primeira vez, conforme a ordem do Senhor transmitida por Moisés.

14 A bandeira do acampamento dos filhos de Judá partiu em primeiro lugar, seguida de suas tropas; e a tropa de Judá era comandada por Naasson, filho de Aminadab.

15 A tropa da tribo dos filhos de Issacar era comandada por Natanael, filho de Suar;

16 e a tropa da tribo dos filhos de Zabulon era comandada por Eliab, filho de Helon.

17 O tabernáculo foi desmontado, e os filhos de Gérson e de Merari partiram, levando-o.

18 Depois partiu a bandeira do acampamento de Rubem, seguida de suas tropas, e seu comandante era Elisur, filho de Sedeur.

19 A tropa da tribo dos filhos de Simeão era comandada por Salamiel, filho de Surisadai;

20 e a tropa da tribo dos filhos de Gad era comandada por Eliasaf, filho de Duel.

21 Os caatitas partiram em seguida, levando os objetos sagrados. E, antes que chegassem, era montado o tabernáculo.

22 A bandeira do acampamento dos filhos de Efraim partiu, seguida de suas tropas; e a tropa de Efraim era comandada por Elisama, filho de Amiud.

23 A tropa da tribo dos filhos de Manassés era comandada por Gamaliel, filho de Fadassur;

24 e a tropa da tribo de Benjamim era comandada por Abidão, filho de Gedeão.

25 A bandeira do acampamento dos filhos de Dã, que formavam a retaguarda de todos os acampamentos, partiu, seguida de suas tropas. A tropa de Dã era comandada por Aieser, filho de Amisadai.

26 A tropa da tribo dos filhos de Aser era comandada por Fegiel, filho Ocrã;

27 e a tropa dos filhos de Neftali era comandada por Aira, filho de Enã.

28 Esta foi a ordem de marcha dos israelitas, divididos em tropas, quando levantaram acampamento.

29 Moisés disse a Hobab, filho de Raguel, o madianita, seu sogro: "Nós partimos para o lugar que o Senhor nos prometeu dar. Vem conosco, e far-te-emos bem, porque o Senhor prometeu fazer bem a Israel."

30 Hobab, porém, respondeu-lhe: "Não irei contigo, mas voltarei para a minha terra e para junto de minha família".

31 Moisés replicou: "Rogo-te que não te separes de nós. Conheces os lugares onde podemos acampar no deserto, e nos servirás de guia.

32 Se vieres conosco, dividiremos contigo os bens que o Senhor nos der."

33 Partiram da montanha do Senhor e caminharam três dias. Durante esses três dias de marcha, a arca da aliança do Senhor os precedia, para lhes escolher um lugar de repouso.

34 A nuvem do Senhor estava sobre eles de dia, quando partiam do acampamento.

35 Quando a arca se levantava, Moisés dizia: "Levantai-vos, Senhor, e sejam dispersos os vossos inimigos! Fujam de vossa face os que vos aborrecem!"

36 Quando, porém, se detinha, dizia: "Voltai, Senhor, para as miríades de milhares de Israel!

1 Locutusque est Dominus ad Moysen dicens:

2 " Fac tibi duas tubas argenteas ductiles, quibus convocare possis congregationem, quando movenda sunt castra.

3 Cumque increpueris tubis, congregabitur ad te omnis turba ad ostium tabernaculi conventus.

4 Si semel clangueris, venient ad te principes et capita congregationis Israel;

5 si autem prolixior clangor increpuerit, movebunt castra primi, qui sunt ad orientalem plagam;

6 in secundo autem sonitu et pari ululatu tubae levabunt tentoria, qui habitant ad meridiem, et iuxta hunc modum reliqui facient, ululantibus tubis in profectionem.

7 Quando autem congregandus est populus, simplex tubarum clangor erit, et non ululabunt.

8 Filii autem Aaron sacerdotes clangent tubis. Eritque hoc vobis legitimum sempiternum in generationibus vestris.

9 Si exieritis ad bellum in terra vestra contra hostes, qui dimicant adversum vos, clangetis ululantibus tubis; et erit recordatio vestri coram Domino Deo vestro, ut eruamini de manibus inimicorum vestrorum.

10 Si quando habebitis epulum et dies festos et calendas, canetis tubis super holocaustis vestris et pacificis victimis, ut sint vobis in recordationem Dei vestri. Ego Dominus Deus vester ".

11 Anno secundo, mense secundo, vicesima die mensis elevata est nubes de habitaculo testimonii;

12 profectique sunt filii Israel per migrationes suas de deserto Sinai, et recubuit nubes in solitudine Pharan.

13 Moveruntque castra prima vice, iuxta imperium Domini in manu Moysi.

14 Elevatum est primum vexillum castrorum filiorum Iudae per turmas suas, quorum princeps erat Naasson filius Aminadab;

15 et super turmam tribus filiorum Issachar fuit princeps Nathanael filius Suar;

16 et super turmam tribus Zabulon erat princeps Eliab filius Helon.

17 Depositumque est habitaculum, quod portantes egressi sunt filii Gerson et Merari.

18 Profectum est vexillum castrorum filiorum Ruben per turmas suas, et super turbam suam princeps erat Elisur filius Sedeur.

19 Super turmam autem tribus filiorum Simeon princeps fuit Salamiel filius Surisaddai.

20 Porro super turmam tribus filiorum Gad erat princeps Eliasaph filius Deuel.

21 Profectique sunt et Caathitae portantes sanctuarium. Et erectum est habitaculum, antequam venirent.

22 Elevatum est vexillum castrorum filiorum Ephraim per turmas suas, in quorum exercitu princeps erat Elisama filius Ammiud.

23 Et super turmam tribus filiorum Manasse princeps fuit Gamaliel filius Phadassur;

24 et super turmam tribus filiorum Beniamin erat dux Abidan filius Gedeonis.

25 Novissime elevatum est vexillum castrorum filiorum Dan per turmas suas, in quorum exercitu princeps fuit Ahiezer filius Ammisaddai.

26 Et super turmam tribus filiorum Aser erat princeps Phegiel filius Ochran;

27 et super turmam tribus filiorum Nephthali princeps fuit Ahira filius Enan.

28 Hae sunt profectiones filiorum Israel per turmas suas, quando egrediebantur.

29 Dixitque Moyses Hobab filio Raguel Madianitae cognato suo: " Proficiscimur ad locum, quem Dominus daturus est nobis; veni nobiscum, ut benefaciamus tibi, quia Dominus bona promisit Israeli ".

30 Cui ille respondit: " Non vadam tecum, sed revertar in terram meam, in qua natus sum ".

31 Et ille: " Noli, inquit, nos relinquere; tu enim nosti in quibus locis per desertum castra ponere debeamus, et eris ductor noster.

32 Cumque nobiscum veneris, quidquid optimum fuerit ex opibus, quas nobis traditurus est Dominus, dabimus tibi ".

33 Profecti sunt ergo de monte Domini viam trium dierum; arcaque foederis Domini praecedebat eos per dies tres providens castrorum locum.

34 Nubes quoque Domini super eos erat per diem, cum incederent.

35 Cumque elevaretur arca, dicebat Moyses: " Surge, Domine, et dissipentur inimici tui; et fugiant, qui oderunt te, a facie tua ".

36 Cum autem deponeretur, aiebat: " Revertere, Domine, ad multitudinem exercitus Israel ".