Provérbios 12

1 Para aprender, é preciso amar a disciplina; é estupidez odiar a repreensão.

2 O S enhor aprova a pessoa de bem, mas condena quem planeja o mal.

3 A perversidade nunca traz estabilidade, mas a raiz dos justos permanecerá firme.

4 A mulher virtuosa coroa de honra seu marido, mas a que age vergonhosamente é como câncer em seus ossos.

5 Os planos do justo são corretos, mas os conselhos do perverso são traiçoeiros.

6 As palavras do perverso são emboscada mortal, mas as palavras dos justos salvam vidas.

7 Os perversos morrem e desaparecem, mas a família dos justos permanece firme.

8 O sensato recebe elogios, mas o perverso de coração é desprezado.

9 É melhor ser uma pessoa simples e ter quem a ajude que aparentar ser quem não é e não ter o que comer.

10 O justo cuida de seus animais, mas os perversos são sempre cruéis.

11 Quem trabalha com dedicação tem fartura de alimento; quem corre atrás de fantasias não tem juízo.

12 Os ladrões invejam o despojo uns dos outros, mas os justos estão bem arraigados e florescem.

13 O perverso é apanhado na armadilha das próprias palavras, mas o justo escapa dessa aflição.

14 As palavras sábias produzem muitos benefícios, e o trabalho árduo é recompensado.

15 O insensato pensa que sua conduta é correta, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos.

16 O insensato se ira com facilidade, mas o sábio ignora a ofensa.

17 A testemunha honesta diz a verdade; a testemunha falsa conta mentiras.

18 Os comentários de algumas pessoas ferem, mas as palavras dos sábios trazem cura.

19 Palavras verdadeiras resistem à prova do tempo, mas as mentiras logo ficam evidentes.

20 O engano enche o coração dos que tramam o mal; a alegria enche o coração dos que promovem a paz.

21 Nenhum mal vem sobre o justo, mas os perversos enfrentam todo tipo de dificuldade.

22 Os lábios mentirosos são detestáveis para o S enhor , mas os que dizem a verdade lhe trazem alegria.

23 O sábio não se gaba de seu conhecimento, mas os tolos mostram a todos sua insensatez.

24 Quem trabalha com dedicação chega a ser líder, mas o preguiçoso se torna escravo.

25 A preocupação deprime a pessoa, mas uma palavra de incentivo a anima.

26 O justo dá bons conselhos a seus amigos, mas os perversos os desencaminham.

27 O preguiçoso nem mesmo cozinha o animal que caçou, mas o que trabalha com dedicação valoriza tudo que possui.

28 O caminho dos justos conduz à vida; é uma estrada que não leva à morte.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.