Provérbios 31

1 Os ditados do rei Lemuel contêm esta mensagem, que sua mãe lhe ensinou:

2 Meu filho, filho de meu ventre, filho de meus votos,

3 não desperdice sua força com mulheres, nem sua vida com aquelas que destroem reis.

4 Não convém aos reis, ó Lemuel, tomar muito vinho; os governantes não devem desejar bebida alcoólica.

5 Se beberem, pode ser que se esqueçam da lei e deixem de fazer justiça aos oprimidos.

6 O álcool é para os que estão morrendo, e o vinho, para os que estão amargurados.

7 Que bebam para se esquecer de sua pobreza e não se lembrar de suas dificuldades.

8 Fale em favor daqueles que não podem se defender; garanta justiça para os que estão aflitos.

9 Sim, fale em favor dos pobres e desamparados, e providencie que recebam justiça.

10 Quem encontrará uma mulher virtuosa? Ela é mais preciosa que rubis.

11 O marido tem plena confiança nela, e ela lhe enriquecerá a vida grandemente.

12 Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias de sua vida.

13 Ela adquire lã e linho e, com alegria, trabalha os fios com as mãos.

14 Como navio mercante, traz alimentos de longe.

15 Levanta-se de madrugada para preparar a refeição da família e planeja as tarefas do dia para suas servas.

16 Vai examinar um campo e o compra; com o que ganha, planta um vinhedo.

17 É cheia de energia, forte e trabalhadora.

18 Certifica-se de que seus negócios sejam lucrativos; sua lâmpada permanece acesa à noite.

19 Suas mãos operam o tear, e seus dedos manejam a roca.

20 Estende a mão para ajudar os pobres e abre os braços para os necessitados.

21 Quando chega o inverno, não se preocupa, pois todos em sua família têm roupas quentes.

22 Faz suas próprias cobertas e usa vestidos de linho fino e tecido vermelho.

23 Seu marido é respeitado na porta da cidade, onde se senta com as demais autoridades.

24 Faz roupas de linho com cintos e faixas para vender aos comerciantes.

25 Veste-se de força e dignidade e ri sem medo do futuro.

26 Quando ela fala, suas palavras são sábias; quando dá instruções, demonstra bondade.

27 Cuida bem de tudo em sua casa e nunca dá lugar à preguiça.

28 Seus filhos se levantam e a chamam de “abençoada”, e seu marido a elogia:

29 “Há muitas mulheres virtuosas neste mundo, mas você supera todas elas!”.

30 Os encantos são enganosos, e a beleza não dura para sempre, mas a mulher que teme o Senhor será elogiada.

31 Recompensem-na por tudo que ela faz; que suas obras a elogiem publicamente.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.