Provérbios 15

1 A resposta gentil desvia o furor, mas a palavra ríspida desperta a ira.

2 A língua dos sábios torna atraente o conhecimento, mas a boca dos tolos despeja a insensatez.

3 Os olhos do Senhor estão em todo lugar; observam tanto os maus como os bons.

4 Palavras suaves são árvore de vida, mas a língua enganosa esmaga o espírito.

5 O insensato despreza a instrução de seu pai, mas quem aprende com a repreensão demonstra prudência.

6 Há tesouros na casa do justo, mas os rendimentos dos perversos causam problemas.

7 A boca dos sábios espalha conhecimento; o coração dos tolos nada tem a oferecer.

8 Os sacrifícios dos perversos são detestáveis para o Senhor, mas ele tem prazer nas orações dos justos.

9 Os caminhos dos perversos são detestáveis para o Senhor, mas ele ama aquele que busca a justiça.

10 Quem abandona o caminho correto sofrerá disciplina severa; quem odeia a repreensão morrerá.

11 A Morte e a Destruição nada escondem do Senhor, quanto mais o coração humano!

12 O zombador odeia ser repreendido, por isso se afasta dos sábios.

13 O coração contente alegra o rosto, mas o coração triste abate o espírito.

14 O sábio tem fome de conhecimento, enquanto os tolos se alimentam de insensatez.

15 Para os aflitos, todos os dias são difíceis; para o coração alegre, a vida é um banquete contínuo.

16 É melhor ter pouco e temer o Senhor que ter um grande tesouro e viver ansioso.

17 Um prato de verduras ao lado de quem você ama é melhor que carne saborosa junto de alguém que você odeia.

18 Quem se ira facilmente provoca brigas, mas quem tem paciência acalma a discussão.

19 O caminho do preguiçoso é bloqueado por espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada aberta.

20 O filho sensato alegra seu pai; o filho tolo despreza sua mãe.

21 A insensatez alegra quem não tem juízo, mas quem tem bom senso permanece no caminho certo.

22 Planos fracassam onde não há conselho, mas têm êxito quando há muitos conselheiros.

23 Todos se alegram quando dão a resposta apropriada; como é bom dizer a coisa certa na hora certa!

24 O caminho da vida leva o prudente para cima; ele deixa a sepultura para trás.

25 O Senhor derruba a casa dos orgulhosos, mas protege a propriedade da viúva.

26 Os planos perversos são detestáveis para o Senhor, mas ele tem prazer nas palavras puras.

27 A cobiça traz aflição para toda a família, mas quem odeia subornos viverá.

28 O coração do justo pensa bem antes de falar; a boca dos perversos transborda de palavras maldosas.

29 O Senhor está longe dos perversos, mas ouve as orações dos justos.

30 O olhar animador alegra o coração; boas notícias dão vigor ao corpo.

31 Quem dá ouvidos à crítica construtiva se sente à vontade entre os sábios.

32 Quem rejeita a disciplina prejudica a si mesmo, mas quem dá ouvidos à repreensão adquire entendimento.

33 O temor do Senhor ensina sabedoria; a humildade precede a honra.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.