Provérbios 24

1 Não tenha inveja dos maus, nem deseje a companhia deles.

2 Pois tramam violência no coração, e suas palavras sempre causam problemas.

3 Com sabedoria se constrói a casa, e com entendimento ela se fortalece.

4 Pelo conhecimento seus cômodos se enchem de toda espécie de bens preciosos e desejáveis.

5 O sábio é mais poderoso que o forte; quem tem conhecimento se fortalece sempre mais.

6 Portanto, não saia para guerrear sem boa orientação; com muitos conselheiros se obtém a vitória.

7 A sabedoria é elevada demais para o insensato; entre os líderes à porta da cidade, nada tem a dizer.

8 Quem planeja o mal se torna conhecido como criador de problemas.

9 Os planos do insensato são pecado; o zombador é detestável para todos.

10 Se você vacilar no momento de dificuldade, sua força será pequena.

11 Liberte os que foram injustamente condenados a morrer; salve-os enquanto vão tropeçando para a morte.

12 Não se desculpe, dizendo: “Não sabia o que estava acontecendo”; lembre-se de que Deus conhece cada coração. Aquele que zela por sua vida sabe que você estava ciente; ele retribuirá a cada um conforme suas ações.

13 Meu filho, coma mel, pois é bom, e o favo é doce ao paladar.

14 Da mesma forma, a sabedoria é doce para a alma; se você a encontrar, terá um futuro brilhante, e suas esperanças não serão frustradas.

15 Não seja como o perverso, que fica de tocaia na frente da casa do justo, nem ataque a moradia dele.

16 Ainda que o justo tropece sete vezes, voltará a se levantar, mas uma só calamidade é suficiente para derrubar o perverso.

17 Não se alegre quando seu inimigo cair; não exulte quando ele tropeçar.

18 Pois o Senhor se desagradará disso e dele desviará sua ira.

19 Não se perturbe por causa dos maus; não tenha inveja dos perversos.

20 Pois os maus não têm futuro; a luz dos perversos se apagará.

21 Meu filho, tema o Senhor e o rei e não se associe com os rebeldes,

22 pois serão destruídos repentinamente; quem sabe que castigo virá do Senhor e do rei?

23 Estes são mais alguns ditados dos sábios: É errado tomar partido quando se julga um caso.

24 O juiz que diz ao perverso: “Você é inocente”, será amaldiçoado pelo povo e odiado pelas nações.

25 Mas as coisas irão bem para os que condenam o culpado; eles receberão grandes bênçãos.

26 Uma resposta honesta é como um beijo de amizade.

27 Antes de construir sua casa, planeje-se e prepare os campos.

28 Não testemunhe contra o próximo sem motivo; não minta a respeito dele.

29 E não diga: “Agora vou me vingar do que ele me fez! Vou acertar as contas com ele!”.

30 Passei pelo campo do preguiçoso, pelo vinhedo daquele que não tem juízo.

31 Tudo estava cheio de espinhos e coberto de ervas daninhas, e seu muro de pedras, em ruínas.

32 Então, enquanto observava e pensava no que via, aprendi esta lição:

33 Um pouco mais de sono, mais um cochilo, mais um descanso com os braços cruzados,

34 e a pobreza o assaltará como um bandido; a escassez o atacará como um ladrão armado.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.