Provérbios 29

1 O Homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz, de repente será destruído sem que haja remédio.

2 Quando os justos se engrandecem, o povo se alegra, mas quando o ímpio domina, o povo geme.

3 O homem que ama a sabedoria alegra a seu pai, mas o companheiro de prostitutas desperdiça os bens.

4 O rei com juízo sustém a terra, mas o amigo de peitas a transtorna.

5 O homem que lisonjeia o seu próximo arma uma rede aos seus passos.

6 Na transgressão do homem mau há laço, mas o justo jubila e se alegra.

7 O justo se informa da causa dos pobres, mas o ímpio nem sequer toma conhecimento.

8 Os homens escarnecedores alvoroçam a cidade, mas os sábios desviam a ira.

9 O homem sábio que pleiteia com o tolo, quer se zangue, quer se ria, não terá descanso.

10 Os homens sanguinários odeiam ao sincero, mas os justos procuram o seu bem.

11 O tolo revela todo o seu pensamento, mas o sábio o guarda até o fim.

12 O governador que dá atenção às palavras mentirosas, achará que todos os seus servos são ímpios.

13 O pobre e o usurário se encontram; o Senhor ilumina os olhos de ambos.

14 O rei que julga os pobres conforme a verdade firmará o seu trono para sempre.

15 A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe.

16 Quando os ímpios se multiplicam, multiplicam-se as transgressões, mas os justos verão a sua queda.

17 Castiga o teu filho, e te dará descanso; e dará delícias à tua alma.

18 Não havendo profecia, o povo perece; porém o que guarda a lei, esse é bem-aventurado.

19 O servo não se emendará com palavras, porque, ainda que entenda, todavia não atenderá.

20 Tens visto um homem precipitado no falar? Maior esperança há para um tolo do que para ele.

21 Quando alguém cria o seu servo com mimos desde a meninice, por fim ele tornar-se-á seu filho.

22 O homem irascível levanta contendas; e o furioso multiplica as transgressões.

23 A soberba do homem o abaterá, mas a honra sustentará o humilde de espírito.

24 O que tem parte com o ladrão odeia a sua própria alma; ouve maldições, e não o denuncia.

25 O temor do homem armará laços, mas o que confia no Senhor será posto em alto retiro.

26 Muitos buscam o favor do poderoso, mas o juízo de cada um vem do Senhor.

27 Abominação é, para os justos, o homem iníquo; mas abominação é, para o iníquo, o de retos caminhos.

1 Vir, qui correptiones dura cervice contemnit,subito conteretur absque sanatione.

2 In multiplicatione iustorum laetabitur vulgus;et in dominatione impii gemet populus.

3 Vir, qui amat sapientiam, laetificat patrem suum;qui autem nutrit scorta, perdet substantiam.

4 Rex in iustitia erigit terram;vir acceptor donorum destruet eam.

5 Homo, qui blanditur amico suo,rete expandit gressibus eius.

6 In peccato vir iniquus irretitur laqueo,et iustus exsultabit atque gaudebit.

7 Novit iustus causam pauperum,impius ignorat scientiam.

8 Homines pestilentes dissipant civitatem;sapientes vero avertunt furorem.

9 Vir sapiens, si cum stulto iudicio contenderit,sive irascatur sive rideat, non inveniet requiem.

10 Viri sanguinum oderunt simplicem;iusti autem quaerunt animam eius.

11 Totum spiritum suum profert stultus;sapiens mitigat eum in posterum.

12 Princeps, qui libenter audit verba mendacii,omnes ministros habet impios.

13 Pauper et oppressor obviaverunt sibi,utriusque oculorum illuminator est Dominus.

14 Rex, qui iudicat in veritate pauperes,thronus eius in aeternum firmabitur.

15 Virga atque correptio tribuit sapientiam;puer autem, qui dimittitur voluntati suae, confundit matrem suam.

16 In multiplicatione impiorum multiplicabuntur scelera,et iusti ruinas eorum videbunt.

17 Erudi filium tuum, et refrigerabit teet dabit delicias animae tuae.

18 Cum visio defecerit, dissipabitur populus;qui vero custodit legem, beatus est.

19 Servus verbis non potest erudiri,quia intellegit et respondere contemnit.

20 Vidisti hominem velocem ad loquendum?Magis illo spem habebit insipiens.

21 Qui delicate a pueritia nutrit servum suum,postea sentiet eum contumacem.

22 Vir iracundus provocat rixas;et, qui ad indignandum facilis est, erit ad peccandum proclivior.

23 Superbia hominis humiliabit eum,et humilis spiritu suscipiet gloriam.

24 Qui cum fure participat, odit animam suam;adiuramentum audit et non indicat.

25 Timor hominis inducit laqueum;qui sperat in Domino, sublevabitur.

26 Multi requirunt faciem principis;et iudicium a Domino egreditur singulorum.

27 Abominantur iusti virum impium;et abominantur impii eos, qui recta sunt via.