Salmos 101

1 Cantarei a misericórdia e o juízo; a ti, SENHOR, cantarei.

2 Portar-me-ei com inteligência no caminho reto. Quando virás a mim? Andarei em minha casa com um coração sincero.

3 Não porei coisa má diante dos meus olhos. Odeio a obra daqueles que se desviam; não se me pegará a mim.

4 Um coração perverso se apartará de mim; não conhecerei o homem mau.

5 Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei.

6 Os meus olhos estarão sobre os fiéis da terra, para que se assentem comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.

7 O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que fala mentiras não estará firme perante os meus olhos.

8 Pela manhã destruirei todos os ímpios da terra, para desarraigar da cidade do Senhor todos os que praticam a iniqüidade.

1 Salmo de Davi. Cantarei a bondade e a justiça. A vós, Senhor, salmodiarei.

2 Pelo caminho reto quero seguir. Oh, quando vireis a mim? Caminharei na inocência de coração, no seio de minha família.

3 Não proporei ante meus olhos nenhum pensamento culpável. Terei horror àquele que pratica o mal, não será ele meu amigo.

4 Estará sempre longe de mim o coração perverso, não quero conhecer o mal.

5 Exterminarei o que em segredo caluniar seu próximo. Não suportarei homem arrogante e de coração vaidoso.

6 Meus olhos se voltarão para os fiéis da terra, para fazê-los habitar comigo. Será meu servo o homem que segue o caminho reto.

7 O fraudulento não há de morar jamais em minha casa. Não subsistirá o mentiroso ante meus olhos.

8 Todos os dias extirparei da terra os ímpios, banindo da cidade do Senhor os que praticam o mal.