Provérbios 3

1 Meu filho, não se esqueça de minhas instruções; guarde meus mandamentos em seu coração.

2 Se assim fizer, viverá muitos anos, e sua vida será cheia de paz.

3 Não permita que a bondade e a lealdade o abandonem; prenda-as ao redor do pescoço e escreva-as no fundo do coração.

4 Então você conseguirá favor e boa reputação, diante de Deus e das pessoas.

5 Confie no Senhor de todo o coração; não dependa de seu próprio entendimento.

6 Busque a vontade dele em tudo que fizer, e ele lhe mostrará o caminho que deve seguir.

7 Não se impressione com sua própria sabedoria; tema o Senhor e afaste-se do mal.

8 Então você terá saúde para o corpo e força para os ossos.

9 Honre o Senhor com suas riquezas e com a melhor parte de tudo que produzir.

10 Então seus celeiros se encherão de cereais, e seus tonéis transbordarão de vinho.

11 Meu filho, não rejeite a disciplina do Senhor; não desanime quando ele o corrigir.

12 Pois o Senhor corrige quem ele ama, assim como o pai corrige o filho a quem ele quer bem.

13 Feliz é a pessoa que encontra sabedoria, aquela que adquire entendimento.

14 Pois a sabedoria dá mais lucro que a prata e rende mais que o ouro.

15 A sabedoria vale muito mais que rubis; nada do que você deseja se compara a ela.

16 Com a mão direita, ela oferece vida longa; com a esquerda, riqueza e honra.

17 Ela o guiará por estradas agradáveis; todos os seus caminhos levam a uma vida de paz.

18 A sabedoria é árvore de vida para quem dela toma posse; felizes os que se apegam a ela com firmeza.

19 Por meio da sabedoria, o Senhor fundou a terra; por meio do entendimento, estabeleceu os céus.

20 Por seu conhecimento, brotam as fontes profundas e do céu cai o orvalho durante a noite.

21 Meu filho, não perca de vista o bom senso e o discernimento; apegue-se a eles,

22 pois darão vigor à sua alma e serão como joias em seu pescoço.

23 Eles o manterão seguro em seu caminho, e seus pés não tropeçarão.

24 Quando for dormir, não sentirá medo; quando se deitar, terá sono tranquilo.

25 Não precisará temer o desastre repentino, nem a destruição que vem sobre os perversos.

26 Pois o Senhor será sua segurança; não permitirá que seu pé fique preso numa armadilha.

27 Não deixe de fazer o bem àqueles que precisarem, sempre que isso estiver ao seu alcance.

28 Se você pode ajudar seu próximo agora, não lhe diga: “Volte amanhã, e lhe darei algo”.

29 Não planeje o mal contra seu próximo, pois quem mora por perto confia em você.

30 Não procure motivos para brigar, se ninguém lhe fez mal.

31 Não tenha inveja dos violentos, nem imite sua conduta.

32 Esses perversos são detestáveis para o Senhor, mas aos justos ele oferece sua amizade.

33 O Senhor amaldiçoa a casa dos perversos, mas abençoa o lar dos justos.

34 O Senhor zomba dos zombadores, mas concede graça aos humildes.

35 Os sábios recebem honra como herança, mas os tolos são envergonhados em público.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.