Salmos 120

1 Na minha angústia clamei ao SENHOR, e me ouviu.

2 Senhor, livra a minha alma dos lábios mentirosos e da língua enganadora.

3 Que te será dado, ou que te será acrescentado, língua enganadora?

4 Flechas agudas do poderoso, com brasas vivas de zimbro.

5 Ai de mim, que peregrino em Meseque, e habito nas tendas de Quedar.

6 A minha alma bastante tempo habitou com os que detestam a paz.

7 Pacífico sou, mas quando eu falo já eles procuram a guerra.

1 Eu clamo pelo Senhor na minha angústia, e ele me responde.

2 Senhor, livra-me dos lábios mentirosos e da língua traiçoeira!

3 O que ele lhe dará? Como lhe retribuirá, ó língua enganadora?

4 Ele a castigará com flechas afiadas de guerreiro, com brasas incandescentes de sândalo.

5 Ai de mim que vivo como estrangeiro em Meseque, que habito entre as tendas de Quedar!

6 Tenho vivido tempo demais entre os que odeiam a paz.

7 Sou um homem de paz; mas, ainda que eu fale de paz, eles só falam de guerra.