Isaías 25

1 Ó Senhor, honrarei e louvarei teu nome, pois és meu Deus. Fazes coisas maravilhosas! Tu as planejaste há muito tempo e agora as realizaste.

2 Transformas cidades poderosas em montes de ruínas; cidades com muros fortes se tornam escombros. Belos palácios em terras distantes são destruídos e jamais serão reconstruídos.

3 Por isso, nações fortes declararão tua glória; povos cruéis te temerão.

4 Mas tu, Senhor, és fortaleza para os pobres, torre de refúgio para os necessitados em sua angústia. És abrigo contra a tempestade e sombra contra o calor. Pois os atos opressores dos cruéis são como tempestade que açoita um muro,

5 como o calor implacável do deserto. Tu, porém, calas o rugido das nações estrangeiras; como a sombra de uma nuvem diminui o calor implacável, assim os cânticos de soberba dos cruéis são silenciados.

6 Em Jerusalém, o Senhor dos Exércitos oferecerá um grande banquete para todos os povos do mundo. Será um banquete delicioso, com vinho puro e envelhecido e carne da melhor qualidade.

7 Ali removerá a nuvem de tristeza, a sombra escura que cobre toda a terra.

8 Ele engolirá a morte para sempre; o Senhor Soberano enxugará todas as lágrimas! Removerá para sempre todo insulto, contra sua terra e seu povo. O Senhor falou!

9 Naquele dia, o povo dirá: “Este é nosso Deus! Confiamos nele, e ele nos salvou! Este é o Senhor, em quem confiamos; alegremo-nos em seu livramento!”.

10 Pois a mão do Senhor descansará sobre Jerusalém. Moabe, porém, será esmagada; será como palha pisada e deixada para apodrecer.

11 Deus empurrará para baixo o povo de Moabe, como um nadador empurra a água para baixo com as mãos. Acabará com seu orgulho e com todas as suas obras perversas.

12 Os muros altos de Moabe serão demolidos; serão derrubados por terra, até o pó.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.