Isaías 3

1 O Soberano S enhor dos Exércitos, tirará de Jerusalém e de Judá tudo aquilo de que dependem: cada pedaço de pão, cada gota de água,

2 todos os seus heróis e soldados, juízes e profetas, adivinhos e autoridades,

3 oficiais do exército e altos funcionários, conselheiros, magos e astrólogos.

4 Nomearei meninos como seus líderes, crianças pequenas para governá-los.

5 As pessoas oprimirão umas às outras: homem contra homem, vizinho contra vizinho. Os jovens insultarão os idosos, e os canalhas desprezarão os honrados.

6 Naquele dia, um homem dirá a seu irmão: "Você tem roupas; seja nosso líder! Assuma o governo deste monte de ruínas".

7 Mas ele responderá: "Não posso ajudar! Não tenho roupa nem comida sobrando; não me escolham como líder".

8 Jerusalém tropeçará, e Judá cairá, pois falam contra o S enhor e não querem lhe obedecer; rebelam-se abertamente contra sua glória.

9 A expressão do rosto os denuncia; exibem seu pecado como o povo de Sodoma, nem sequer procuram escondê-lo. Estão perdidos! Trouxeram desgraça sobre si mesmos.

10 Digam aos justos que tudo lhes irá bem; desfrutarão a recompensa de seus esforços.

11 Os perversos, porém, estão perdidos, pois receberão exatamente o que merecem.

12 Líderes imaturos oprimem meu povo, mulheres o governam. Ó meu povo, seus líderes o enganam e o conduzem pelo caminho errado.

13 O S enhor toma seu lugar no tribunal e apresenta sua causa contra seu povo.

14 O S enhor se apresenta para pronunciar julgamento sobre as autoridades do povo e seus governantes: "Vocês acabaram com Israel, minha videira; o que roubaram dos pobres agora enche suas casas.

15 Como ousam esmagar meu povo e esfregar o rosto dos pobres no pó?". Quem exige uma resposta é o Soberano S enhor dos Exércitos.

16 O S enhor diz: "A bela Sião é arrogante; estica seu pescoço elegante e lança olhares atrevidos, caminhando com passos curtos, fazendo tinir os enfeites de seus tornozelos.

17 Por isso, o Senhor fará surgir crostas em sua cabeça; o S enhor deixará calva a bela Sião".

18 Naquele dia, o Senhor removerá tudo que a embeleza: os enfeites, as tiaras, os colares em forma de meia-lua,

19 os brincos, as pulseiras e os véus;

20 os lenços, os enfeites para o tornozelo, os cintos, os perfumes e os amuletos;

21 os anéis, as joias do nariz,

22 as roupas de festa, os vestidos, os mantos e as bolsas;

23 os espelhos, as roupas de linho fino, os adornos para a cabeça e os xales.

24 Em vez de exalar perfume agradável, ela terá mau cheiro; usará cordas como cinto e perderá todo o seu lindo cabelo. Vestirá pano de saco em vez de roupas finas, e a vergonha tomará o lugar de sua beleza.

25 Os homens da cidade serão mortos à espada, e seus guerreiros morrerão na batalha.

26 Os portões de Sião chorarão e se lamentarão; a cidade será como uma mulher devastada, encolhida no chão.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.