Isaías 48

1 “Ouça-me, ó família de Jacó, vocês que são chamados pelo nome de Israel e vieram da linhagem de Judá. Escutem, vocês que juram em nome do Senhor e invocam o Deus de Israel, mas não em verdade e em justiça.

2 Vocês se chamam de habitantes da cidade santa e dizem que confiam no Deus de Israel, cujo nome é Senhor dos Exércitos.

3 Muito tempo atrás, eu lhes disse o que aconteceria; então agi de modo repentino, e todas as minhas previsões se cumpriram.

4 Pois sei como vocês são teimosos; seu pescoço é rígido como ferro, e sua cabeça, dura como bronze.

5 Por isso lhes falei o que aconteceria, anunciei de antemão o que faria, para que vocês não dissessem: ‘Meus ídolos fizeram isso; minha imagem de madeira e meu deus de metal ordenaram que acontecesse!’.

6 Vocês ouviram minhas previsões e as viram se cumprir, mas não querem admitir. Agora lhes anuncio coisas novas, segredos que vocês ainda não conheciam.

7 São coisas novíssimas, não do passado, para que não digam: ‘Já sabíamos disso!’.

8 “Sim, eu lhes falarei de coisas totalmente novas, sobre as quais nunca ouviram. Pois sei muito bem que são traidores, rebeldes desde que nasceram.

9 Contudo, por causa do meu nome e minha honra, refrearei minha ira e não os exterminarei.

10 Eu os purifiquei, não como a prata é purificada, mas na fornalha do sofrimento.

11 Faço isso por minha própria causa, sim, por minha própria causa. Não permitirei que meu nome seja manchado e não repartirei minha glória com outros.”

12 “Ouça-me, ó família de Jacó, Israel, meu escolhido! Somente eu sou Deus, o Primeiro e o Último.

13 Minha mão lançou os alicerces da terra, minha mão direita estendeu os céus lá no alto. Quando chamo as estrelas, elas aparecem todas em ordem.”

14 Acaso algum de seus ídolos lhes disse isso? Venham todos vocês e ouçam: O Senhor escolheu seu aliado e o usará para acabar com o império da Babilônia e destruir os exércitos babilônios.

15 “Eu disse: Eu o chamei! Sim, eu o enviarei nesta missão e o ajudarei a ter êxito.

16 Cheguem mais perto e ouçam; desde o princípio, eu lhes disse claramente o que aconteceria.” Agora, o Senhor Soberano e seu Espírito me enviaram com esta mensagem:

17 Assim diz o Senhor, seu Redentor, o Santo de Israel: “Eu sou o Senhor, seu Deus, que lhe ensina o que é bom e o conduz pelo caminho que deve seguir.

18 Quem dera tivesse prestado atenção às minhas ordens! Teria experimentado paz que flui como um rio, justiça que o cobriria como as ondas do mar.

19 Seus descendentes seriam incontáveis, como a areia da praia! Não teria sido necessário destruí-lo, nem eliminar o nome de sua família”.

20 Saiam do cativeiro! Deixem a Babilônia e os babilônios! Proclamem esta mensagem! Anunciem-na em alta voz para os confins da terra! O Senhor resgatou seus servos, o povo de Israel.

21 Não passaram sede quando ele os guiou pelo deserto. Ele partiu a rocha, e água jorrou para que bebessem.

22 “Mas para os perversos não há paz”, diz o Senhor.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.