Salmos 140

1 Livra-me, Senhor, dos maus; protege-me dos violentos,

2 que no coração tramam planos perversos e estão sempre provocando guerra.

3 Afiam a língua como a da serpente; veneno de víbora está em seus lábios. Pausa

4 Protege-me, Senhor, das mãos dos ímpios; protege-me dos violentos, que pretendem fazer-me tropeçar.

5 Homens arrogantes prepararam armadilhas contra mim, perversos estenderam as suas redes; no meu caminho armaram ciladas contra mim. Pausa

6 Eu declaro ao Senhor: "Tu és o meu Deus". Ouve, Senhor, a minha súplica!

7 Ó Soberano Senhor, meu salvador poderoso, tu me proteges a cabeça no dia da batalha;

8 não atendas os desejos dos ímpios, Senhor! Não permitas que os planos deles tenham sucesso, para que não se orgulhem. Pausa

9 Recaia sobre a cabeça dos que me cercam a maldade que os seus lábios proferiram.

10 Caiam brasas sobre eles, e sejam lançados ao fogo, em covas das quais jamais possam sair.

11 Que os difamadores não se estabeleçam na terra, e a desgraça persiga os violentos até à morte.

12 Sei que o Senhor defenderá a causa do necessitado e fará justiça aos pobres.

13 Com certeza os justos darão graças ao teu nome, e os homens íntegros viverão na tua presença.

1 Rescue me, LORD, from evildoers; protect me from the violent,

2 who devise evil plans in their hearts and stir up war every day.

3 They make their tongues as sharp as a serpent's; the poison of vipers is on their lips. [^1]

4 Keep me safe, LORD, from the hands of the wicked; protect me from the violent, who devise ways to trip my feet.

5 The arrogant have hidden a snare for me; they have spread out the cords of their net and have set traps for me along my path.

6 I say to the LORD, "You are my God." Hear, LORD, my cry for mercy.

7 Sovereign LORD, my strong deliverer, you shield my head in the day of battle.

8 Do not grant the wicked their desires, LORD; do not let their plans succeed.

9 Those who surround me proudly rear their heads; may the mischief of their lips engulf them.

10 May burning coals fall on them; may they be thrown into the fire, into miry pits, never to rise.

11 May slanderers not be established in the land; may disaster hunt down the violent.

12 I know that the LORD secures justice for the poor and upholds the cause of the needy.

13 Surely the righteous will praise your name, and the upright will live in your presence.