Salmos 5

1 Escuta, Senhor, as minhas palavras, considera o meu gemer.

2 Atenta para o meu grito de socorro, meu Rei e meu Deus, pois é a ti que imploro.

3 De manhã ouves, Senhor, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança.

4 Tu não és um Deus que tenha prazer na injustiça; contigo o mal não pode habitar.

5 Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal.

6 Destróis os mentirosos; os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.

7 Eu, porém, pelo teu grande amor, entrarei em tua casa; com temor me inclinarei para o teu santo templo.

8 Conduze-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplaina o teu caminho diante de mim.

9 Nos lábios deles não há palavra confiável; suas mentes só tramam destruição. Suas gargantas são um túmulo aberto; com suas línguas enganam sutilmente.

10 Condena-os, ó Deus! Caiam eles por suas próprias maquinações. Expulsa-os por causa dos seus muitos crimes, pois se rebelaram contra ti.

11 Alegrem-se, porém, todos os que se refugiam em ti; cantem sempre de alegria! Estende sobre eles a tua proteção. Em ti exultem os que amam o teu nome.

12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo; o teu favor o protege como um escudo.

1 Listen to my words, LORD, consider my lament.

2 Hear my cry for help, my King and my God, for to you I pray.

3 In the morning, LORD, you hear my voice; in the morning I lay my requests before you and wait expectantly.

4 For you are not a God who is pleased with wickedness; with you, evil people are not welcome.

5 The arrogant cannot stand in your presence. You hate all who do wrong;

6 you destroy those who tell lies. The bloodthirsty and deceitful you, LORD, detest.

7 But I, by your great love, can come into your house; in reverence I bow down toward your holy temple.

8 Lead me, LORD, in your righteousness because of my enemies — make your way straight before me.

9 Not a word from their mouth can be trusted; their heart is filled with malice. Their throat is an open grave; with their tongues they tell lies.

10 Declare them guilty, O God! Let their intrigues be their downfall. Banish them for their many sins, for they have rebelled against you.

11 But let all who take refuge in you be glad; let them ever sing for joy. Spread your protection over them, that those who love your name may rejoice in you.

12 Surely, LORD, you bless the righteous; you surround them with your favor as with a shield.