Salmos 107

1 Deem graças ao Senhor, porque ele é bom; seu amor dura para sempre!

2 O Senhor os resgatou? Proclamem em alta voz! Contem a todos que ele os resgatou de seus inimigos.

3 Pois ele reuniu os que estavam exilados em muitas terras, do leste e do oeste, do norte e do sul.

4 Eles vagavam pelo deserto, perdidos e sem lar.

5 Famintos e sedentos, chegaram à beira da morte.

6 Em sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou de seus sofrimentos.

7 Conduziu-os por um caminho seguro, a uma cidade onde pudessem morar.

8 Que louvem o Senhor por seu grande amor e pelas maravilhas que fez pela humanidade.

9 Pois ele sacia o sedento e enche de coisas boas o faminto.

10 Estavam sentados na escuridão e em trevas profundas, presos com as algemas de ferro do sofrimento.

11 Rebelaram-se contra as palavras de Deus e desprezaram o conselho do Altíssimo.

12 Por isso ele os sujeitou a trabalhos pesados; caíram, e não houve quem os ajudasse.

13 Em sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou de seus sofrimentos.

14 Tirou-os da escuridão e das trevas profundas e quebrou suas algemas.

15 Que louvem o Senhor por seu grande amor e pelas maravilhas que fez pela humanidade.

16 Pois ele quebrou as portas de bronze da prisão e partiu as trancas de ferro.

17 Foram tolos; rebelaram-se e sofreram por causa de seus pecados.

18 Não conseguiam nem pensar em comer e estavam às portas da morte.

19 Em sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou de seus sofrimentos.

20 Enviou sua palavra e os curou, e os resgatou da morte.

21 Que louvem o Senhor por seu grande amor e pelas maravilhas que fez pela humanidade.

22 Que ofereçam sacrifícios de ações de graças e anunciem suas obras com canções alegres.

23 Viajaram pelo mundo em navios; percorreram as rotas comerciais dos mares.

24 Também eles viram as obras do Senhor e suas maravilhas nas águas mais profundas.

25 Por sua ordem, os ventos se levantaram e agitaram as ondas.

26 Seus navios eram lançados aos céus, depois desciam às profundezas; foram tomados de pavor.

27 Cambaleavam e tropeçavam, como bêbados, e não sabiam mais o que fazer.

28 Em sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os livrou de seus sofrimentos.

29 Acalmou a tempestade e aquietou as ondas.

30 A calmaria os alegrou, e ele os levou ao porto em segurança.

31 Que louvem o Senhor por sua bondade e pelas maravilhas que fez pela humanidade.

32 Que o exaltem em público, diante da comunidade e dos líderes do povo.

33 Ele transforma rios em desertos, e fontes de água em terra seca.

34 Torna a terra fértil em solo inútil, por causa da perversidade de seus habitantes.

35 Também transforma os desertos em açudes e a terra seca em fontes de água.

36 Leva os famintos para ali se estabelecerem e construírem suas cidades.

37 Eles semeiam campos, plantam videiras e têm grandes colheitas.

38 Sim, ele os abençoa! Ali, criam famílias numerosas, e seus rebanhos não param de crescer.

39 Mas, quando diminuem em número e empobrecem por causa da opressão, da miséria e da tristeza,

40 o Senhor lança desprezo sobre seus príncipes e os faz vagar num deserto sem caminhos.

41 Contudo, livra do sofrimento os pobres e aumenta suas famílias como rebanhos de ovelhas.

42 Os justos verão essas coisas e se alegrarão, enquanto os perversos serão calados.

43 Quem é sábio levará tudo isso a sério; perceberá como tem sido leal o amor do Senhor.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.