Salmos 7

1 Em ti me refugio, Senhor, meu Deus; salva-me dos que me perseguem e livra-me!

2 Do contrário, eles me atacarão como leões e me despedaçarão, sem que ninguém me resgate.

3 Ó Senhor, meu Deus, se fiz o mal, se cometi alguma injustiça,

4 se traí um amigo ou saqueei meu adversário sem razão,

5 que meus inimigos me persigam e capturem; que me pisoteiem no chão e no pó arrastem minha honra. Interlúdio

6 Levanta-te, Senhor, em tua ira! Ergue-te contra a fúria de meus inimigos! Desperta, meu Deus, e faz justiça!

7 Reúne as nações diante de ti e toma teu lugar de autoridade sobre elas.

8 O Senhor julga as nações; declara-me justo, ó Senhor, pois sou inocente, ó Altíssimo!

9 Faz cessar a maldade dos perversos e dá segurança ao justo. Pois tu sondas a mente e o coração, ó Deus justo.

10 Deus é meu escudo; ele salva os que têm coração íntegro.

11 Deus é justo juiz; todos os dias ele mostra sua ira contra os perversos.

12 Se eles não se arrependerem, Deus afiará sua espada; armará seu arco para disparar,

13 preparará suas armas mortais e acenderá suas flechas com fogo.

14 Sim, o perverso gera o mal; concebe o sofrimento e dá à luz a mentira.

15 Abre uma cova profunda, mas ele próprio cai em sua armadilha.

16 Sua maldade se volta contra ele; sua violência lhe cai sobre a cabeça.

17 Darei graças ao Senhor porque ele é justo; cantarei louvores ao nome do Senhor Altíssimo.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.