Salmos 132

1 Senhor, lembra-te de Davi e de tudo que ele sofreu.

2 Ele fez uma promessa solene ao Senhor; jurou ao Poderoso de Jacó:

3 “Não voltarei para casa, não descansarei em minha cama,

4 não deixarei que meus olhos durmam, nem fecharei as pálpebras para cochilar,

5 enquanto não encontrar lugar para a habitação do Senhor, o santuário para o Poderoso de Jacó”.

6 Ouvimos dizer que a arca estava em Efrata e a encontramos nos campos de Jaar.

7 Vamos ao santuário do Senhor; adoremos diante de seu trono!

8 Levanta-te, Senhor, e entra no teu lugar de descanso, junto com a arca, o símbolo do teu poder.

9 Que teus sacerdotes se vistam de justiça, que teus fiéis cantem de alegria.

10 Por causa do teu servo Davi, não rejeites aquele que ungiste.

11 O Senhor fez um juramento solene a Davi e prometeu jamais voltar atrás: “Colocarei em seu trono um de seus descendentes.

12 Se os seus descendentes obedecerem aos termos de minha aliança e aos preceitos que eu lhes ensino, sua linhagem real continuará para todo o sempre”.

13 Pois o Senhor escolheu Sião; desejou-a para ser sua habitação.

14 “Este é meu descanso para sempre”, disse ele. “Habitarei aqui, pois este é o lugar que desejei.

15 Abençoarei esta cidade e a tornarei próspera; saciarei seus pobres com alimento.

16 Vestirei seus sacerdotes com salvação; seus fiéis cantarão de alegria.

17 Aqui aumentarei o poder de Davi; meu ungido será luz para meu povo.

18 Vestirei de vergonha seus inimigos, mas ele usará uma coroa gloriosa.”

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.