Salmos 77

1 Clamo a Deus; sim, grito bem alto. Quem dera Deus me ouvisse!

2 Quando eu estava angustiado, busquei o Senhor. Orei a noite toda, de mãos estendidas para o céu, mas minha alma recusou ser consolada.

3 Lembro-me de Deus e começo a gemer; desfaleço, ansioso por sua ajuda. Interlúdio

4 Tu não me deixas dormir; estou tão desesperado que nem consigo falar!

5 Penso nos dias que passaram, nos anos que há muito se foram.

6 À noite, relembro canções alegres; consulto minha alma e procuro compreender minha situação.

7 Acaso o Senhor me rejeitou em definitivo? Jamais voltará a ser bondoso comigo?

8 Seu amor se foi para nunca mais voltar? Deixou de cumprir suas promessas para sempre?

9 Deus se esqueceu de ser bondoso? Em sua ira, fechou a porta para a compaixão? Interlúdio

10 Pensei: “É por esta razão que sofro; o Altíssimo voltou sua mão direita contra mim”.

11 Depois, porém, lembro-me de tudo que fizeste, Senhor; recordo-me de tuas maravilhas do passado.

12 Estão sempre em meus pensamentos; não deixo de refletir sobre teus poderosos feitos.

13 Teus caminhos, ó Deus, são santos; que deus é poderoso como o nosso Deus?

14 És o Deus que realiza maravilhas; mostras o teu poder entre as nações!

15 Com teu braço forte resgataste teu povo, os descendentes de Jacó e José. Interlúdio

16 As águas te viram, ó Deus, as águas te viram e estremeceram; até as profundezas do mar se agitaram.

17 As nuvens derramaram chuva, os trovões ressoaram nas alturas, os teus relâmpagos riscaram os céus.

18 No redemoinho ouviu-se o estrondo de teu trovão; os relâmpagos iluminaram o mundo, e a terra tremeu e se abalou.

19 Teu caminho passou pelo mar, teu trajeto, pelas águas poderosas, e ninguém percebeu teus passos.

20 Conduziste teu povo como um rebanho de ovelhas, pelas mãos de Moisés e Arão.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.