Salmos 44

1 Ó Deus, ouvimos com os próprios ouvidos; nossos antepassados nos contaram tudo que fizeste em seus dias, muito tempo atrás.

2 Com teu poder, expulsaste as nações e estabeleceste teu povo na terra. Esmagaste os povos inimigos e libertaste nossos antepassados.

3 Não foi por suas espadas que eles conquistaram a terra, não foi pela força de seus braços que alcançaram vitória. Foi pela tua mão direita e pelo teu braço forte, pela luz intensa do teu rosto; foi por causa do teu amor por eles.

4 Tu és meu Rei e meu Deus; decretas vitórias para Israel.

5 Com teu poder, afastamos nossos inimigos; em teu nome, pisoteamos nossos adversários.

6 Não confio em meu arco, não conto com minha espada para me salvar.

7 Tu nos concedes vitória sobre nossos inimigos e envergonhas os que nos odeiam.

8 Ó Deus, o dia todo te damos glória e louvamos teu nome para sempre. Interlúdio

9 Agora, porém, tu nos rejeitaste e nos envergonhaste; já não conduzes nossos exércitos para as batalhas.

10 Tu nos fazes bater em retirada diante de nossos inimigos e permites que sejamos saqueados por aqueles que nos odeiam.

11 Entregaste-nos como ovelhas para o matadouro e espalhaste-nos entre as nações.

12 Vendeste teu povo precioso por uma ninharia e não tiveste lucro com a venda.

13 Permitiste que as nações vizinhas zombassem de nós; somos objeto de desprezo e ridículo para os que nos rodeiam.

14 Fizeste de nós motivo de riso entre as nações; com desdém, balançam a cabeça para nós.

15 Não há como escapar da humilhação constante; temos o rosto coberto de vergonha.

16 Não ouvimos outra coisa, senão os insultos dos que zombam de nós. Não vemos outra coisa, senão os inimigos que desejam vingança.

17 Tudo isso aconteceu sem que nos esquecêssemos de ti, sem que fôssemos infiéis à tua aliança.

18 Nosso coração não te abandonou, não desviamos os pés de teu caminho.

19 Tu, porém, nos esmagaste no deserto, onde vivem os chacais, e nos cobriste de escuridão e morte.

20 Se tivéssemos nos esquecido do nome de nosso Deus, ou estendido as mãos em oração a deuses estrangeiros,

21 Deus com certeza saberia, pois ele conhece os segredos de cada coração.

22 Mas, por causa de ti, enfrentamos a morte todos os dias; somos como ovelhas levadas para o matadouro.

23 Desperta, Senhor! Por que dormes? Levanta-te! Não nos rejeites para sempre!

24 Por que escondes o rosto de nós? Por que te esqueces de nosso sofrimento e opressão?

25 Desfalecemos no pó, caídos com o corpo no chão.

26 Levanta-te e ajuda-nos! Resgata-nos por causa do teu amor!

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.