Salmos 81

1 Cantem louvores a Deus, nossa força! Aclamem ao Deus de Jacó.

2 Cantem! Façam soar o tamborim, a doce lira e a harpa.

3 Toquem a trombeta na lua nova e na lua cheia, para convocar a nossa festa.

4 Pois assim exigem os estatutos de Israel; esse é o decreto do Deus de Jacó.

5 Ele o ordenou como lei para Israel, quando atacou o Egito para nos libertar. Ouvi uma voz desconhecida dizer:

6 “Agora removerei o peso de seus ombros e libertarei suas mãos das tarefas pesadas.

7 Vocês clamaram a mim em sua aflição, e eu os salvei; da nuvem de tempestade lhes respondi e pus vocês à prova quando não havia água em Meribá. Interlúdio

8 “Ó meu povo, ouça minhas advertências; quem dera você me escutasse, ó Israel!

9 Jamais tenha em seu meio outro deus; não se curve diante de deus estrangeiro.

10 Pois fui eu, o Senhor, seu Deus, que o tirei da terra do Egito. Abra bem a boca, e a encherei de coisas boas.

11 “Meu povo, no entanto, não quis ouvir; Israel não me obedeceu.

12 Por isso, deixei que seguissem seus desejos teimosos e vivessem de acordo com suas próprias ideias.

13 Ah, se meu povo me escutasse; quem dera Israel andasse em meus caminhos!

14 Então eu derrotaria seus inimigos sem demora; minhas mãos cairiam sobre seus adversários.

15 Os que odeiam o Senhor se encolheriam diante dele, condenados para sempre.

16 Vocês, porém, eu alimentaria com trigo da melhor qualidade e os saciaria com mel silvestre tirado da rocha”.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.