Salmos 36

1 O pecado do ímpio sussurra ao seu coração; ele não tem o menor temor de Deus.

2 Em sua cega presunção, não percebe quão grande é sua perversidade.

3 Tudo que diz é distorcido e enganoso; não quer agir com prudência nem fazer o bem.

4 Mesmo à noite, trama maldades; suas ações nunca são boas, e não se esforça para fugir do mal.

5 Teu amor, Senhor, é imenso como os céus; tua fidelidade vai além das nuvens.

6 Tua justiça é como os montes imponentes, teus decretos, como as profundezas do oceano; tu, Senhor, cuidas tanto das pessoas como dos animais.

7 Como é precioso o teu amor, ó Deus! Toda a humanidade encontra abrigo à sombra de tuas asas.

8 Tu os alimentas com a fartura de tua casa e deixas que bebam de teu rio de delícias.

9 Pois és a fonte de vida, a luz pela qual vemos.

10 Derrama teu amor sobre os que te conhecem, concede justiça aos sinceros de coração.

11 Não permitas que os arrogantes me pisoteiem, nem que os perversos me empurrem.

12 Vejam! Caíram os que praticam o mal! Foram derrubados e nunca mais se levantarão.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.