Salmos 144

1 Louvado seja o Senhor, minha rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha.

2 Ele é meu aliado infalível e minha fortaleza, minha torre segura e meu libertador. Ele é meu escudo, em quem me refugio; faz as nações se sujeitarem a mim.

3 Ó Senhor, quem são os seres humanos, para que prestes atenção neles? Quem são os simples mortais, para que penses neles?

4 São como uma brisa; seus dias são como uma sombra que passa.

5 Abre os céus, Senhor, e desce; toca os montes para que soltem fumaça.

6 Lança teus relâmpagos e dispersa os inimigos; atira tuas flechas e confunde-os.

7 Estende tua mão desde os céus e salva-me; tira-me das águas profundas, livra-me do poder de meus inimigos.

8 Eles têm a boca cheia de mentiras; juram dizer a verdade, mas mentem.

9 Cantarei a ti, ó Deus, um cântico novo; cantarei louvores a ti com instrumento de dez cordas.

10 Pois tu concedes vitória aos reis; livraste teu servo Davi da espada mortal.

11 Salva-me! Livra-me do poder de meus inimigos. Eles têm a boca cheia de mentiras; juram dizer a verdade, mas mentem.

12 Que nossos filhos floresçam na juventude como plantas viçosas. Que nossas filhas sejam como colunas graciosas, esculpidas para enfeitar um palácio.

13 Que nossos celeiros fiquem cheios de colheitas de todo tipo. Que os rebanhos em nossos campos se multipliquem aos milhares, e até às dezenas de milhares,

14 e que nossos bois fiquem carregados de alimentos. Que nenhum inimigo consiga romper nossos muros, que ninguém seja levado ao cativeiro, nem haja gritos de angústia em nossas praças.

15 Como são felizes os que vivem desse modo! Verdadeiramente são felizes aqueles cujo Deus é o Senhor!

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.