Salmos 73

1 Certamente Deus é bom para Israel, para os que têm coração puro.

2 Quanto a mim, quase tropecei; meus pés escorregaram e quase caí.

3 Pois tive inveja dos orgulhosos quando os vi prosperar apesar de sua perversidade.

4 Levam uma vida sem sofrimento e têm o corpo saudável e forte.

5 Não enfrentam dificuldades, nem estão cheios de problemas, como os demais.

6 Ostentam o orgulho como um colar de pedras preciosas e vestem-se de crueldade.

7 Seus olhos cobiçam sempre mais, e o coração vive cheio de más intenções.

8 Zombam e falam somente maldades; em seu orgulho, ameaçam usar de violência.

9 Falam como se fossem donos dos céus, e suas palavras arrogantes percorrem a terra.

10 Por isso, o povo se volta para eles e bebe todas as suas palavras.

11 “O que Deus sabe?”, perguntam. “Acaso o Altíssimo tem conhecimento disso?”

12 Vejam como os perversos desfrutam uma vida tranquila, enquanto suas riquezas se multiplicam.

13 Foi à toa que mantive o coração puro? Foi em vão que agi de modo íntegro?

14 O dia todo só enfrento problemas; cada manhã sou castigado.

15 Se eu tivesse falado como eles, teria traído teu povo.

16 Tentei compreender por que prosperam; que tarefa difícil!

17 Então, entrei em teu santuário, ó Deus, e por fim entendi o destino deles.

18 Tu os puseste num caminho escorregadio e os fizeste cair do precipício para a destruição.

19 São destruídos de repente, completamente tomados de pavor.

20 Quando te levantares, ó Senhor, rirás das ideias tolas deles, como quem ri de um sonho pela manhã.

21 Percebi, então, que meu coração se amargurou e que eu estava despedaçado por dentro.

22 Fui tolo e ignorante; a teus olhos devo ter parecido um animal irracional.

23 E, no entanto, ainda pertenço a ti; tu seguras minha mão direita.

24 Tu me guias com teu conselho e me conduzes a um destino glorioso.

25 Quem mais eu tenho no céu senão a ti? Eu te desejo mais que a qualquer coisa na terra.

26 Minha saúde pode acabar e meu espírito fraquejar, mas Deus continua sendo a força de meu coração; ele é minha possessão para sempre.

27 Os que te abandonam perecerão, pois destróis os que de ti se afastam.

28 Quanto a mim, como é bom estar perto de Deus! Fiz do Senhor Soberano meu refúgio e anunciarei a todos tuas maravilhas.

Copyright© 2017 por Editora Mundo Cristão. Todos os direitos reservados em língua portuguesa. A Nova Versão Transformadora (NVT) e seu logotipo são marcas registradas. Usados com permissão.