Salmos 130

1 Das profundezas a ti clamo, ó SENHOR.

2 Senhor, escuta a minha voz; sejam os teus ouvidos atentos à voz das minhas súplicas.

3 Se tu, Senhor, observares as iniqüidades, Senhor, quem subsistirá?

4 Mas contigo está o perdão, para que sejas temido.

5 Aguardo ao Senhor; a minha alma o aguarda, e espero na sua palavra.

6 A minha alma anseia pelo Senhor, mais do que os guardas pela manhã, mais do que aqueles que guardam pela manhã.

7 Espere Israel no Senhor, porque no Senhor há misericórdia, e nele há abundante redenção.

8 E ele remirá a Israel de todas as suas iniqüidades.

1 Canticum ascensionum.De profundis clamavi ad te, Domine;

2 Domine, exaudi vocem meam.Fiant aures tuae intendentesin vocem deprecationis meae.

3 Si iniquitates observaveris, Domine,Domine, quis sustinebit?

4 Quia apud te propitiatio est,ut timeamus te.

5 Sustinui te, Domine,sustinuit anima mea in verbo eius;speravit

6 anima mea in Dominomagis quam custodes auroram.Magis quam custodes auroram

7 speret Israel in Domino,quia apud Dominum misericordia,et copiosa apud eum redemptio.

8 Et ipse redimet Israelex omnibus iniquitatibus eius.